14 °C
Esporte

O Histórico Leicester e o amor dos brasileiros pelo Chelsea

|

Stamfordbridge


(LONDRES) - Por Tiago dos Santos, do Brasil - Tudo vem dando certo para o Leicester City, líder do campeonato Inglês com 66 pontos, cinco a mais que o Tottenham, segundo colocado, faltando apenas sete rodadas para o fim da competição. A última vítima do clube foi o Crystal Palace, que mesmo jogando em casa, no Selhurst Park Stadium, viu Mahrez dar a vitória para a sensação inglesa.


O time comandado por Claudio Ranieri não vive de sorte, mas de um esquema tático bem definido, com estratégias de jogo que exaltam as melhores características de Mahrez e Vardy, destaques das Raposas que podem fazer história. Se o Leicester vencer o campeonato deste ano será o primeiro campeão invicto desde a temporada 1977/78, quando o Nottingham Forest ergueu a taça.


Se tudo vem dando certo para o Leicester, por outro lado tudo vem dando errado para o Chelsea, que ficou no empate em 2 a 2 com o West Ham. Nem mesmo cinco brasileiros que estiveram no estádio deram sorte para a equipe de Guus Hiddink. O torcedor Leandro Guedes estava em Stamford Bridge e nos deu o relato da partida. “O time jogou muito bem, praticamente dominou o jogo, mas tomou um sufoco no final. O West Ham tem uma campanha excelente nesta temporada”.


Leandro estava com mais quatro amigos, grupo que chegou no dia 17 em Londres e vai embora apenas no dia 25. O motivo da viagem não poderia ser outro: ver o Chelsea jogar um derby londrino. Esta foi a quarta vez que Leandro foi até Londres para ver o time que escolheu para torcer no final dos anos 2000. “Eu e meus amigos estávamos jogando vídeo game e no sorteio meu irmão caiu com o Chelsea e eu com a Roma. Como e ele queria um time da Itália eu troquei e fiquei com o Chelsea. Então comecei a procurar mais coisas sobre o clube na internet para saber como jogava. Visitando o site acredito que foi paixão à primeira vista, foi assim que tudo começou”.


Mesmo com a crise financeira no Brasil, com o dólar e a libra em alta, o grupo de torcedores se esforçou para atravessar Londres e ver a construção “antiga” do estádio dos Blues. “A paixão pelo Chelsea é maior do que a crise, o amor falou mais alto. Estar em Stamford Bridge é algo fantástico e de arrepiar. Chelsea, sempre um prazer”, exalta Leandro.