11 °C
Notícias

Obama critica Cameron sobre Líbia, mas agenda visita a Londres para apoiar permanência do Reino Unido na UE

|


Obama


(LONDRES) - Com Correio da Manhã - Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, criticou na sexta (11) o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy. Os motivos da crítica foram a intervenção militar na Líbia em 2011, que mergulhou o país "no caos".


Numa entrevista à revista The Atlantic, publicada na quinta-feira (10), Obama não se coibiu de criticar dois dos seus aliados mais próximos, ao recordar a campanha de bombardeamento da Líbia, liderada pelo Reino Unido e pela França, que levou à queda do regime de Muammar Kadhafi. "A Líbia mergulhou no caos", disse. A imprensa britânica, porém, não deixou passar e criticou ferozmente as declarações do político norte-americano.


No entanto, o presidente dos EUA tem viagem marcada para Londres em abril para apoiar o premiê britânico no apoio da permanência britânica na União Europeia.


Na agenda de Obama, há uma feira de tecnologia na Alemanha e, para aproveitar seus dias no continente europeu, visitará a capital britânica em seguida, que poderá ajudar a restaurar as relações com Cameron depois de sua declaração polêmica sobre sua campanha na Líbia.