19 °C
Comunidade

Só não estuda quem não quer!

|


Universitario


(LONDRES) - Por Luciana Paquet - No mundo digital que em estamos vivendo é possível estudar sem sair de casa, e sem gastar dinheiro. Existem várias plataformas de ensino que fazem parcerias com as melhores universidades e instituições de ensino em todo o mundo para oferecer cursos online gratuitos. Se você está querendo se aperfeiçoar na área que você atua, mudar de carreira ou apenas saber mais sobre alguma coisa de seu interesse, a oportunidade é bem interessante. Basta dedicar algumas horas por semana, por algumas semanas, e começar a ver o resultado.


Existe uma grande quantidade de cursos de graça, de curta duração e alguns inclusive oferecem certificado de conclusão ou de participação.


A plataforma britânica Future Learn oferece cursos em inglês, o que pode ser uma boa para quem já domina a língua e uma ótima oportunidade para quem quer praticar mais, escondido atrás da tela do computador, antes de se aventurar em um curso presencial.


A plataforma americana Coursera tem cursos em inglês com legendas em diversas línguas, incluindo na nossa. Além disso, oferece alguns cursos da USP,Unicamp e Fundação Lemann em português. Mas fique atento porque nem todos os cursos são gratuitos.


A plataforma Veduca é brasileira e também oferece um mix de cursos gratuitos e pagos. Todos os cursos são oferecidos em português, mesmo aqueles dados pelas universidades estrangeiras, como a Harvard e o MIT, sendo uma ótima opção para quem ainda não se sente confortável em estudar em inglês. O diferencial para quem quer voltar para o Brasil é que os cursos de MBA (pagos) são reconhecidos pelo MEC.


Outra plataforma brasileira é a da renomada Fundação Getúlio Vargas. Parte de seus cursos é online e totalmente gratuita e em português. Ainda não oferece muitas opções, mas vale a pena dar uma olhada.


Para quem quer fazer uma universidade aqui, mas ainda não tem certeza qual curso estudar, a sugestão é escolher um curso do tipo "Introdução a...”de uma dessas plataformas para você ter uma noção se gosta mesmo do assunto. Abaixo, alguns exemplos:


Introdução a Engenharia Elétrica e Eletrônica - Univerisade de Liverpool

Introdução ao Marketing - Wharton School, University of Pennsylvania

Introdução à Ciência da Computação - MIT

Introdução à Administração Estratégica - FGV



Para quem que estudar em alguma instituição britânica, mas tem receio de que o seu nível de inglês não esteja adequado para acompanhar o resto da turma, as opções são do curso de inglês para fins acadêmicos, da Universidade de Reading, e o de preparação ao IELTS, do British Council.



Já para quem está mais preocupado com o mercado de trabalho, que tal aprender a escrever um currículo em inglês que venda bem o seu peixe ou dominar as técnicas para se dar bem em entrevistas de emprego? Os cursos são da universidade de Glasgow e Sheffield, respectivamente.


Curso é o que não falta nessas plataformas. Na maioria, você estuda ao seu ritmo, quando dá. Por que não tentar? Você só tem a ganhar!




Luciana é tradutora certificada de inglês e português. Mantém um blog cheio de dicas para quem quer estudar no Reino Unido. Conheça mais sobre o seu trabalho em www.lucianapaquet.com