11 °C
Esporte

Justiça ordena bloqueio de bens de Neymar

|


Neymar


(LONDRES) - Com Terra e The Telegraph - A Justiça Federal ordenou nesta segunda (15) o bloqueio de propriedades, de um iate e de um jatinho de Neymar, atualmente o atacante do Barcelona. A decisão faz parte de um processo no qual o jogador e seus familiares são acusados de evasão fiscal.


Como forma de garantir o pagamento de dívidas tributárias e possíveis multas, imóveis em São Paulo, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Santos e Itapema estão bloqueados.


Mantendo uma decisão judicial anterior, o juiz federal em Santos que cuida do caso contra Neymar, ordenou-lhe o pagamento de cerca de R$ 63,6 milhões em impostos que ele supostamente evitou entre 2011 e 2013, ou um total de R$ 192,8 milhões, incluindo multas e juros sobre o montante não pago.


O tribunal ordenou que, além de seu jato particular, feito pela Embraer no Brasil, as autoridades devem tomar propriedades e veículos do jogador de futebol, com um valor total igualando à quantidade que deve em impostos.


As autoridades fiscais alegam que Neymar sonegou impostos porque declarou o dinheiro recebido pela sua transferência ao futebol espanhol como ganho de suas empresas, em vez de aquisição como pessoa física. Investigações também estão sendo feitas pela Justiça da Espanha.