23 °C
Home

Reino Unido aprova manipulação genética de embriões humanos

|


Laboratorio


(LONDRES) Por Redação - A partir de março, cientistas britânicos podem iniciar testes de manipulação de embriões humanos. Eles receberam um sim por parte do governo para procederem em experiências com embriões humanos como parte de uma pesquisa para determinar por que razão ocorrem os abortos.


Na segunda-feira (1º), a imprensa de todo mundo divulgou a posição do governo britânico, e em reportagem da TV estatal britânica BBC, já se levantou a polêmica das dúvidas éticas.


“O Comitê de Licenciamento aprovou um pedido da pesquisadora Kathy Niakan, do Instituto Francis Crick, para renovar a licença de investigação e incluir a manipulação de genes em embriões” humanos, indica uma declaração da Autoridade de Embriologia e Fertilização Humana.


Niakan afirma ainda que o aborto e a infertilidade são extremamente comuns, mas ainda não são bem entendidos por isso acredita que a pesquisa venha trazer mais conhecimentos sobre os primeiros passos de uma vida humana.


O instituto Francis Crick pode começar com os testes no início do próximo mês.