9 °C
Comunidade

Após ver carreira encerrada por hérnia, brasileiro quer ajudar crianças pobres

|

BN 700_Pág 31_Comunidade_Ex-jogador ACEITE (1)

(LONDRES) Da redação - Com apenas 16 anos Thyago Campos veio para a Inglaterra com o sonho de jogar futebol, mas quando chegou em Londres não encontrou nada do que tinham prometido. Sem time, foi descoberto jogando num parque e chegou a atuar nas categorias de base do West Ham e do futsal do Tottenham. Mas sua carreira foi curta. Dores nas costas, causadas por uma hérnia de disco, fizeram o meia encerrar a carreira com apenas 20 anos.


O treinamento físico e a musculação não deixaram que ele entrasse em depressão. Thyago se tornou fisiculturista. Agora, o ex-jogador pretende usar sua experiência para ajudar pessoas que desejam melhorar o condicionamento físico e mental. Além disso, ele quer abrir uma escola de futebol para crianças e jovens em áreas pobres e com altos índices de criminalidade em Londres.


“Quero dar oportunidade para quem não tem, e por meio do esporte tirar crianças e adolescentes do crime e das drogas. A ideia é levar o projeto a uma área da cidade onde crianças e jovens acabam entrando em gangues por falta de opções”, afirma Thyago, que está em busca de apoio para a empreitada.


Capixaba, Thyago estava jogando nas categorias de base do Vitória do Espírito Santo quando saiu do Brasil. “Um amigo íntimo do meu pai disse que tinha contatos no futebol inglês Mas quando cheguei no Reino Unido não havia nada. Fui descoberto por um olheiro, quando estava jogando em Willesden”.


O fisiculturista criou há seis meses a Maximus Training Corporation, por meio da qual começou a dar treinos e apoio psicológico e nutricional a pessoas interessadas em mudar de estilo de vida e perder peso. Quando estava no futsal do Tottenham, o brasileiro conseguiu estudar e formar-se em Educação Física.


“Por meio da minha experiência, quero motivar e ajudar outras pessoas, atletas ou não”, diz Thyago. O ex-jogador pretende ainda criar uma linha de roupas e uma revista sobre saúde e esporte, estou em busca de patrocínio”, finaliza.