14 °C
Notícias

Campanha oferece testes gratuitos do HIV na redação do Brazilian News

|

teste hiv

(LONDRES) Nos dias 1º e 2 de dezembro será oferecido gratuitamente, das 10h30 às 15h, na redação do Brazilian News, em Brixton, testes gratuitos do HIV. A iniciativa faz parte da campanha contra Aids entre a comunidade brasileira do Reino Unido, promovida pela organização Naz Vidas.
Os testes serão feitos por profissionais treinados e o resultado sai na hora. A campanha conta com o apoio do Ministério da Saúde e do sistema de saúde britânico (NHS). A taxa de incidência do vírus entre a população brasileira de imigrantes é de 8.9 por mil habitantes, três vezes maior do que entre a população total do Reino Unido (2.8).
“É fundamental realizar o teste. Primeiro, porque quanto mais cedo uma pessoa descobre que tem o vírus e passa a tomar a medicação, maior vai ser a expectativa de vida. Se a Aids for detectada no estágio inicial, o indivíduo pode levar uma vida normal”, afirma o presidente da Naz Vidas, José Resinente. Calcula-se que 30% das pessoas com o vírus HIV no Reino Unido não sabem que estão infectadas.
Resinente explica que há ainda outro benefício importante na realização do teste: “Quem não sabe que tem a doença transmite o vírus facilmente, mas se a pessoa estiver medicada, a taxa do vírus cai e o não é transmitido. Portanto o teste é essencial para diminuir a disseminação da Aids”.
De acordo com o órgão das Nações Unidas para o Combate à Aids (Unaids), se 90% das pessoas que têm o vírus descobrirem que estão infectadas, tomarem os remédios e a medicação funcionar em 90% delas, em 2030 a epidemia da Aids acabaria.
A campanha da Naz Vidas, feita em associação com organizações brasileiras no Reino Unido, busca conscientizar as pessoas sobre a doença, realizar testes gratuitos e distribuir preservativos. Caso o resultado seja positivo para HIV, os profissionais da Naz Vidas darão orientações de como buscar ajuda médica. Nesse caso é feito ainda mais um exame laboratorial para confirmar a presença do vírus.
“Entre 2007 e 2013, o número de brasileiros diagnosticados no Reino Unido com HIV foi de 635. “São cerca de 90 pessoas por ano. É um número alto. Muitos imigrantes chegam ao Reino Unido e não se previnem, acham que não há perigo. É preciso informar à população dos riscos da doença e criar um movimento da liderança na comunidade brasileira para enfrentar o problema e acabar com o preconceito contra quem tem o vírus”, diz Resinente.
Endereço do Brazilian News: Unit 8 - Holles House, Overton Road, Brixton, SW9 7AP. Telefone: 02077387983


Questionário ajudará a criar políticas públicas


O diretor da Naz Vidas ressalta que uma parte essencial da campanha é o preenchimento on-line da Pcap (Pesquisa de Conhecimentos, Atitudes e Práticas), que avalia o comportamento sexual e planejamento familiar dos brasileiros. O questionário, elaborado pelo Ministério da Saúde, ajudará na elaboração de políticas públicas para combater a Aids no Reino Unido.
“O formulário é sigiloso. Com as informações, poderemos entender o que está acontecendo com a comunidade brasileira no Reino Unido e, com a ajuda do Ministério da Saúde e do governo britânico atender melhor a população”, diz Resinente.
A pesquisa pode ser feita pelo endereço eletrônico www.naz.org.uk/pacp.