3 °C
Home

Você sabe como buscar emprego no Reino Unido?

|

trabaho

(LONDRES) Por Siomara Jubert - A busca de emprego é um 'full time job' como dizem por aqui. Exige muita dedicação, persistência, paciência e tempo. Calcula-se que uma pessoa leva em média 4 meses para encontrar um novo trabalho por aqui.
Algumas áreas requerem táticas diferenciadas ou até mesmo qualificação específica ou especialização.


Caso queira trabalhar num pub ou restaurante, o primeiro passo é ir pessoalmente e pedir para falar com o/a 'manager'. Muitas vezes, este papo informal ajuda a abrir as portas. No entanto, mesmo depois deste contato inicial, a grande maioria das empresas exige que o candidato se inscreva através de um formulário online. Leia todas as instruções com atenção e responda a todas as perguntas.


Networking
Quer trabalhar em marketing ou mídia? A melhor maneira de se 'infiltrar' é reforçar seus contatos. Contatos pessoais são importantes, sejam estes amigos, colegas ou conhecidos. A 'indicação' ainda é um ótimo ponto de partida. Estatísticas chegam a indicar que 70% dos novos contratados são provenientes de indicações.
Converse com todos e participe de eventos sociais (dê uma olhada no Eventbrite.co.uk) e LinkedIn para conhecer as pessoas que já estão na área. Em algum momento, alguém te indicará para a vaga dos seus sonhos.


Trabalho voluntário
A percepção do trabalho voluntário no Reino Unido é bem diferente da do Brasil. A experiência tem tanto valor quanto ou até mais do que o cargo remunerado. Duas razões para isto: apesar de não pago, o trabalho propicia experiência real e palpável no Reino Unido. A única diferença mesmo é a não remuneração. A outra é que demonstra um espírito altruísta por parte daquele que dedica seu tempo para causas caritativas.


Já vi muitas vezes voluntários se tornarem empregados nas ONGs em que trabalharam gratuitamente. Caso gostem do seu trabalho é bem provável que queiram que fique permanentemente.
O mesmo vale para as internships (estágios) que invariávelmente cobrem apenas as despesas do estagiário.
Use estes dois meios para fazer novos contatos também. Pense nisso como alternativa para começar.



Mídia social

Como mencionado acima, LinkedIn e ‘networking events’ são uma excelente tirada para conhecer gente nova. As opções são inúmeras.
No entanto, seja cuidadoso ao usar tais meios inclusive sites pessoais como Facebook, Twitter ou Google+, pois futuros empregadores podem checar o que faz online.
Saber fazer bom uso destes instrumentos é essencial para o seu sucesso.



Agências

Agências podem ser uma boa opção especialmente se está procurando um trabalho temporário. O trabalho temporário pode funcionar da seguinte maneira: oportunidade de ganhar a experiência necessária e até, quem sabe, te levar ao cargo permanente.


Job boards
Muito popular com os empregadores do Reino Unido os 'job boards' ou webistes de empregos como Reed, Indeed, Totaljobs, CV-library etc ou o website das suas empresas favoritas.



Website pessoal

Hoje em dia, é bem fácil criar um website para descrever suas habilidades e experiência. Especialmente se for um designer gráfico ou arquiteto por exemplo. Para estes dois, eu diria que é quase compulsório especialmente quando o objetivo é encontrar trabalhos como ‘freelance’.


No website pessoal o espaço é ilimitado para mostrar sua criatividade e trabalhos já feitos.


Algumas pessoas criam websites ou blogs. Dependendo do seu ramo de atuação esta pode ser não só uma opção, mas uma necessidade.

Blog

Existem infinitas opções e idéias que você pode ter e usar na sua busca pelo trabalho ideal.
Blogs são uma boa maneira de demonstrar verdadeiro interesse pela sua área de atuação e atrair atenção de potenciais empregadores.
Porém, bom senso e sabedoria são essenciais para acertar a medida certa.

Certificados e qualificações mínimas para certos cargos

Algumas profissões como médicos, enfermeiros ou até mesmo contadores exigem certificados provenientes de órgãos britânicos. Pesquise como converter seus diplomas estrangeiros para poder trabalhar por aqui.


Além disso, independentemente de certificações, é usual que queiram ver que tem alguma experiência já no Reino Unido. Aí você diz ‘como vou conseguir experiência se não me dão a primeira oportunidade?’. Daí volto a mencionar o trabalho voluntário ou temporário para resolver ‘a falta de experiência’ no Reino Unido.


* Siomara Jubert é coach de carreira - siomara.jubert@gmail.com