3 °C
Comunidade

Empresário cria projeto para ajudar imigrantes a abrir negócio próprio

|

Os immigrant business owners011

(Londres) Da redação - O gaúcho Rafael dos Santos chegou em Londres com seus 20 e poucos anos para estudar inglês e ficar apenas alguns meses. Lavou pratos e foi garçom como muitos imigrantes. Com o passar dos anos, trabalhou com imóveis, ajudou brasileiros a se estabelecer na cidade e se especializou em gestão. Hoje, 14 anos depois, tornou-se empresário e consultor de empreendedorismo.


É da própria experiência que Rafael dos Santos criou o projeto This Foreigner Can, que tem como objetivo ajudar imigrantes que chegam no Reino Unido a desenvolver seu próprio negócio. “Eu sou um imigrante. Estou aqui há 14 anos. Vejo os problemas que eles enfrentam e por isso decidi criar o projeto”, explica Rafael.


No início do ano, ao lado de sua equipe, o empresário foi então para a rua entrevistar imigrantes e conhecer melhor o que pensavam. “Vi que muitos desejavam abrir seu próprio negócio, mas que não sabiam como começar, não tinham dinheiro e nem conhecimento de como fazer isso”. A partir daí nasceu o This Foreigner Can, que busca ajudar futuros empreendedores a solucionar esses problemas.


A meta do brasileiro agora é criar um escritório próprio, em Londres, e alugar espaços para tornar o local uma incubadora de ideias e dividir conhecimento. O empresário apresentou o projeto num fórum de empreendedorismo na China, no qual foi o único palestrante brasileiro. Rafael está em contato com o Parlamento Europeu para desenvolvê-lo.


O This Foreigner Can abriu um crowdfunding para arrecadar o dinheiro que falta para inauguração do escritório em Londres. A ideia é que 25% da empresa pertençam aos financiadores. Com a iniciativa, Rafael quer mostrar que a experiência pessoal não é um fato isolado. O empresário cita dados oficiais, revelando que 14% das empresas britânicas foram fundadas por imigrantes. “Eles não querem viver de benefícios nem roubar o emprego de ninguém, mas empreender, pagar impostos e empregar pessoas”, finaliza.


Uma das maneiras de ajudar imgrantes é auxiliar empresários a obter benefícios do programa do governo britânico Growth Accelerator, no qual pequenas empresas recebem ajuda para pagar consultores com bastante experiência, que estarão ajudando pequenos e médio empresários a criar estratégias para fazer crescer o negócio.


Rafael é o primeiro empresário brasileiro a ganhar creditação do governo britânico como consultor sobre o assunto. Para pequenos empresário também existem várias palestras para ajudar na área de marketing e finanças.


E o consultor adianta que para os mais ambiciosos também há possibilidade de conseguir investimento. Empresas aprovadas podem usar a logo do Growth Accelerator, que dá mais credibilidade ao negócio, pois é aprovada pelo governo inglês e isso pode ser usado no material de marketing, a fim de ganhar mais publicidade, credibilidade e contratos.


Growth Accelerator
Programa do governo britânico, no qual pequenas empresas recebem ajuda para pagar consultores com bastante experiência, ajudando pequenos e médio empresários a criar estratégia de negócios para fazê-lo crescer.


Empresas aprovadas podem usar a logo do Growth Accelerator, que dá mais credibilidade à empresa, pois é aprovada pelo governo inglês e isso pode ser usado no material de marketing, a fim de ganhar mais publicidade, credibilidade e contratos.


Rafael esteve no Parlamento europeu, a fim de apresentar o projeto “This foreigner can”. “Fui ao parlamento Europeu para mostrar que o imigrante no está aqui para se beneficiar do governo, mas para ter o próprio negócio e uma vida estável com renda favorável”. Para isso, ele criou um MBA - Migrant Business Accelerator.


No MBA, os interessados durante 16 semanas têm que participar 1 vez semanalmente de workshops em marketing, finanças e operações de pequenas empresas. No final desse período, eles fazem uma apresentação para 4 investidores para ganhar £ 1000, em dinheiro, de prêmio. Quem tiver interesse no curso pode fazer a inscrição pelo site www.thisforeignercan.com e enviar sua ideia (business plan). Ao todo serão selecionados 20 imigrantes.


Para mais informações acesse www.rafaeldossantos.com