7 °C
Notícias

Biblioteca da comunidade portuguesa em Stockwell corre risco de acabar

|

Foto 3

(LONDRES) Denis Kuck - A Tate South Lambeth (TSL), biblioteca localizada no centro de Little Portugal, em Stockwell, oferece grupos de leitura para pais e crianças portuguesas, aulas de inglês para imigrantes e tem um acervo de cerca de mil livros na língua de Camões e Machado de Assis. A média de obras requisitadas mensalmente para empréstimo é de 60. No entanto, segundo a comunidade local, o espaço (batizado de “Cantinho Português”) corre risco de acabar.


A Câmara de Lambeth, um dos 32 distritos de Londres, decidiu que a biblioteca irá se transformar num Health & Living Centre. O serviço tradicional de empréstimos de livros continuaria sendo oferecido, mas a portuguesa Patrícia Marcelino garante que a mudança descaracterizará o espaço completamente e a TSL perderá boa parte dos seus livros.


“Devido aos cortes orçamentais, uma empresa particular vai gerir o local, que se tornará uma academia. A biblioteca vai se tornar um ginásio com algumas prateleiras e poucos livros. Além disso, os atuais funcionários da biblioteca serão deslocados, não teremos mais ninguém para dar orientações”, afirmou Patrícia, que iniciou um movimento e um abaixo-assinado para manter a Tate South Lambeth da maneira como está.


Stockwell concentra comunidade de 40 mil portugueses


Patrícia Marcelino ressalta que os números da emigração portuguesa para o Reino Unido aumentaram nos últimos anos: “Reflexo disso tem sido o exponencial aumento da presença portuguesa em Little Portugal, no coração de Londres, onde se concentra a maior comunidade portuguesa do Reino Unido, estimada em mais de 40 mil pessoas”.


A líder do movimento Amigos da Biblioteca South Lambeth argumenta que TSL é um ponto de referência “para todos aqueles que chegam aqui e precisam de um empurrão inicial no inglês, ou apenas o conforto de ler e ouvir a língua de Camões”.


“A Câmara de Lambeth não está ouvindo a opinião dos moradores”, diz Patrícia. A representante do grupo denuncia ainda que as atividades realizadas no espaço, assim como “ações para promover a cultura e os costumes de Portugal junto à comunidade” deixarão de existir. O movimento afirma que a frequência na biblioteca nunca foi tão alta e que os jovens estão sendo estimulados a ler. Stockwell é a região de Londres com a maior concentração de portugueses em UK. Muitos brasileiros também vivem no local.


Lambeth Council: cortes e mudanças são inevitáveis


No dia 12 de outubro, a Câmara de Lambeth afirmou em uma audiência que as alterações nas bibliotecas de Lambeth precisavam ser feitas devido aos cortes no orçamento determinados pelo governo.
“Não há maneira de evitar que isto tenha um impacto, e significa que nós temos que mudar a maneira de fazer as coisas. No caso de serviços culturais, significa gastar £ 4 milhões a menos até 2018, o que inclui bibliotecas, parques, arte e esporte”, afirmou na ocasião a vereadora Jane Edbrooke.
Segundo o Lambeth Council, as bibliotecas de Brixton, Streatham e West Norwood não vão ser modificadas. Em relação à TSL, a ideia é transformá-la num Health & Living Centre, que ofereceria ao mesmo tempo serviços de saúde, bem estar e biblioteca. As autoridades locais afirmaram, no entanto, que o diálogo com os moradores continuará nas próximas semanas para decidir o destino do espaço.


O movimento em defesa da biblioteca espera que uma nova consulta seja realizada neste mês para discutir a proposta. “Inclusive as autoridades portuguesas, como o Consulado e embaixador expressaram apoio a nossa causa. O Câmara de Lambeth não pode tomar uma decisão sem ouvir o público. Será uma pena se a comunidade perder este espaço, que é insubstituível. A biblioteca é usada todos os dias por pessoas que querem ler, trabalhar, pedir aconselhamento, ter companhia a até para se abrigar do frio”, diz Patrícia.