15 °C
Cultura & Lazer

Edimburgo: Por entre a história medieval, um visita mágica à capital da Escócia.

|

edinburg - general

(EDINBURGH) Por Cristiane Lebelem - A cidade parece que tem um cenário de filme medieval em cada esquina. Partindo do Castelo de Edimburgo até a residência oficial da Rainha Elizabeth II na Escócia – Castelo de Holyroodhouse, o trajeto é do turista é encantador pelas ruelas e passagens secretas.


Do som da tradicional gaita de fole a cada esquina vem a inspiração de artistas que garantem lindas performances ao ar livre para quem visita a capital dos escoceses.


Claro que quem visita Edimburgo deve aproveitar também a riqueza da culinária. Além dos deliciosos peixes das águas geladas, os biscoitos amanteigados, geleias e doces fazem a alegria dos que estão dispostos experimentar de tudo um pouco. Para os apreciadores de brandy e Whisky existe até um tour especial.
Mas há de se registrar que uma das melhores coisas para se beber em Edimburgo é a água da torneira. Pura, cristaliza e levemente adocicada - ao menos para o meu paladar - a água é uma das riquezas do lugar.


Quando a noite começa a cair, um silêncio e calmaria reservam um tempo gostoso para aqueles que querem realmente descansar e ficar em paz. A cidade concentra o movimento no centro, e assim, pelos arredores dos bairros a sensação é de estar em uma pequena cidade.


Edimburgo conserva uma temperatura sempre fresquinha e úmida, mesmo no verão você pode levar um cachecol e casaco mais reforçado. Sem contar que a chuva marca presença, e pode chegar de surpresa até num lindo dia de sol.


Para quem gosta de aventura este é o lugar ideal. Você pode caminhar, subir montanhas e descobrir as paisagens mas lindas no horizonte. Em Holyrood Park, a natureza apresenta um vulcão exitinto – Arthur’s seat – como é conhecido o lugar. De lá do alto a visão é privilegiada, mas atenção, venta muito e a caminhada leva pelo menos 1 hora.


Para os que preferem as histórias medievais, o Castelo e Edimburgo deve ser o primeiro lugar a ser visitado. Cada detalhe da época pode ser revisto, das joias da coroa à prisão de guerra.


Tem ainda outras atrações como a Catedral de Saint Giles, Calton Hill, Museu de Edimburgo, Royal Yacht Britannia, Museu Nacional, o Parlamento Escocês e um pequeno museu que particularmente é muito interessante – Museu da pessoas. É neste lugar que o cotidiano e cada fato social, econômico e político seguem registrando a sociedade escocesa na capital do país.


E por falar cotidiano, a cidade também guarda a mágica do dia dia na incrível história do Bobby – um cãozinho que ganhou sua estátua com o narizinho dourado numa charmosa esquina. Dizem que quem toca o nariz desse legal companheiro que guardou por 14 anos o túmulo de John Gray, policial da cidade, ganha sorte para o resto da vida. A história ganhou as telas dos cinemas em Greyfriars Bobby: The True Story of a Dog.


foto 5 The Elephante House
Foto – Turistas tocam o nariz de Bobby na Chambers Street


E quem vai a Edimburgo também pode visitar o lugar que inspirou J.K. Rowling para criar Harry Potter e seus personagens. A autora morou na capital da Escócia por alguns anos e aproveitou o clima medieval da cidade para se inspirar enquanto criava a série, tomando um café no Elephant House.


Greyfriars Bobby, Edinburgh, Scotland, United Kingdom, Europe
Foto - Elephant House onde J. K Rowling escreveu as histórias de Harry Potter


A cidade é encantadora, você certamente vai se apaixonar pelo que encontrar, sem contar que as pessoas são muito gentis e prestativas, o que faz a visita ainda mais interessante e acolhedora são escoceses.


Galeria de fotos


foto 1 Castelo Edimburgo
Entrada do Castelo de Edimburgo


foto 2 Castelo de Holyrood
Residência oficial da Rainha Elizabeth II na Escócia – Castelo de Holyroodhouse


foto 3 - arquitetura medieval
Arquitetura medieval da Prices Street


Como chegar partindo de Londres


De avião – você pode usar qualquer um dos aeroportos de Londres. Existem diversos vôo ao longo do dia, com uma grande variação de preços nos tickets. Evite chegar muito tarde, se precisar comer no aeroporto ou pegar ônibus, fica mais complicado. Tudo fecha cedo. O custo do táxi do aeroporto até o centro da cidade pode variar entre $ 16 e 20.


De trem – A paisagem é linda e o custo é similar ao da passagem aérea, a viagem dura cerca de 5 horas. A estação de trem fica mais bem localizada que o aeroporto, o que pode valer a pena.


De ônibus – É possível também viajar de ônibus por 8 horas, acaba sendo um pouco mais em conta esta opção para quem não se importar de despender mais tempo no trajeto.


O que fazer


Além das atrações que já comentamos, no verão Edimburgo realiza o International Festival - www.eif.co.uk. Para quem gosta de jazz tem uma programação intensa nos próximos dias - www.edinburghjazzfestival.com.


Para saber mais visite www.visitscotland.comedinburg - general