15 °C
Notícias

Dilma evita cadeia de rádio e TV e se pronuncia pela Internet, neste Dia do Trabalhador

|

Screen Shot 2015-05-01 at 16.22.13

BRASÍLIA - Os ganhos do trabalhador com a valorização do salário mínimo foram destacados pela presidente Dilma Rousseff em sua primeira mensagem no Dia do Trabalhador, nas redes sociais. Na gravação em vídeo distribuída na manhã de hoje (1º) pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, Dilma diz que essa valorização é uma das maiores conquistas dos últimos 13 anos.


A presidente lembra que em março deste ano enviou ao Congresso Nacional uma medida provisória que garante a política de valorização do salário mínimo até 2019. De acordo com a presidenta, dessa forma o poder de compra do trabalhador está sendo assegurado por lei. Dilma ressaltou que em 2011 já havia adotado medida semelhante.


“Já tínhamos aprovado em 2011 uma lei semelhante a essa. Por isso o salário mínimo cresceu 14,8% acima da inflação em meu primeiro mandato. Mais de 45 milhões de trabalhadores e aposentados são beneficiados por essa política do meu governo”, disse.


A presidente ressaltou ainda que também em março encaminhou ao Congresso outra medida, com a proposta para correção da tabela do Imposto de Renda que preserva o salário. “Com ela o trabalhador terá seu salário preservado e não irá pagar um imposto maior. Tudo isso vem garantindo um Brasil mais justo”, garantiu Dilma Rousseff.


Pela primeira vez, a presidente não fez um pronunciamento em cadeia de rádio e TV, preferindo se manifestar por meio das redes sociais. Na quarta-feira (29), o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, havia informado que a opção de Dilma é priorizar as redes sociais. A oposição diz que o governo estaria com medo de enfrentar um novo panelaço, como aconteceu nos últimos dois pronunciamentos da presidente aos brasileiros.


Assista aqui a integra da mensagem da presidente Dilma Rousseff. (Com informações da Agência Brasil)