18 °C
Home

Publicidade da Germanwings é removida das estações de metrô de Londres

|

Cannes 2015

 


Os cartazes de publicidade da Germanwings com o slogan "Prepare-se para ser surpreendido" foram removidos das estações de metrô de Londres. A companhia aérea pediu que o material fosse recolhido tanto nos vagoes quanto nas plataformas do transporte público inglês , após o acidente da semana passada que matou 150 pessoas.


Um porta-voz dos Transportes de Londres confirmou que os cartazes foram removidos o mais rápido possível. "Estamos no processo de remover os maiores posteres em 17 estações. Cinco já foram removidos e outros dez vão sair hoje", afirmou na sexta-feira a mesma fonte. A Germanwings comunicou que as campanhas de publicidade estão paradas no Reino Unido até novas ordens e que todas as campanhas publicitárias, físicas e online, serão removidas.


O Airbus A320, que viajava de Barcelona para Dusseldorf, transportava 144 passageiros e 6 membros da companhia aérea.


Enquanto isso, a companhia aérea Lufthansa informou que pagará 50 mil euros em assistência financeira, por cada passageiro, aos familiares das vítimas da queda de um avião de sua subsidiária Germanwings nos Alpes franceses. A companhia deverá desembolsar mais de sete milhões de euros e segundo um porta-voz da Germanwings, nos processos de indenização, que já começam a ser abertos, a companhia aceitará somente "uma responsabilidade limitada".


A companhia tratará de evadir-se da responsabilidade alegando que foi o co-piloto, Andreas Lubitz, que descumpriu seu contrato, que o obrigava a comunicar qualquer diagnóstico médico incompatível com sua atividade profissional. Procuradores alemães revelaram recentemente que o co-piloto tinha um atestado médico de afastamento do trabalho no dia do acidente nos Alpes franceses e pode ter escondido a doença de seus empregadores.