19 °C
Home

Elaborando o Currículo e a Cover letter em inglês

|

materia_cv e cover letter

Érico Maia
ericomaia@elondres.com


 


Em Londres, e na maioria dos países da Europa, você deve apresentar, além do seu currículo, uma carta de motivação chamada de “cover letter”. Existe um formato britânico de CV que deve ser utilizado sempre quando você for aplicar para uma vaga. O termo “resume” é comumente utilizado para currículo vitae, por isso, quanto mais resumido, maiores as chances de ser selecionado. O ideal é que seja de, no máximo, duas páginas. A maioria das empresas não solicita a inclusão de fotos.


 


Como no Brasil, é preciso incluir as seguintes informações:


 



  • Objetivos profissionais;

  • Educação;

  • Experiência profissional;

  • Habilidades;

  • Informações adicionais


 


Outra dica é tentar inserir palavras-chaves que estão contidas na descrição do cargo. Muitas empresas selecionam currículos baseado em um sistema de busca por palavras específicas. Então é importante garantir que o que está contido no anúncio da vaga está presente também no seu currículo.


 


Cover Letter


 


Em toda Europa, é comum que as empresas peçam também uma carta de motivação ou ‘cover letter’. Nessa carta devem estar contidas as razões que o motivaram a concorrer àquela determinada vaga e explicar o por quê de você ser o candidato ideal para o cargo. É preciso apenas uma página e ela precisa ser bastante resumida. Deve ser dividida da seguinte forma:


 



  1. Primeiro parágrafo: é necessário citar a vaga a qual está concorrendo, além de dizer que está bastante interessado no cargo. Também deve mencionar um pouco da sua formação educacional.

  2. Segundo parágrafo: este é o momento de você falar sobre as suas experiências profissionais e tentar fazer um link com os requisitos da vaga;

  3. Terceiro parágrafo: para encerrar, você deve ressaltar que acredita que será de extrema ajuda para a empresa e o por quê de você ser o candidato ideal;


 


Para a carta não ficar tão extensa, o melhor é deixar cada parágrafo com, no máximo, 4 linhas.


 


Uma vez concluído o resume e a cover letter, é a vez de partir para o “ataque“. Meu conselho é que você estabeleça um número “x” de currículos a serem enviados por dia (uma média de 10 a 20). No entanto, tenha em mente que algumas vagas diferem uma das outras, mesmo que as vezes sejam na mesma área. Por isso, certifique-se que seu CV está adaptado para aquele cargo específico.


 


Boa sorte!