11 °C
Notícias

Avião cai em Taiwan depois de bater em viaduto; vídeo mostra o acidente

|

quedaaviaotaiwanreproducao

Da Agência Lusa


 


O número de mortos no acidente com um avião da TransAsia em Taiwan subiu para 23, enquanto 24 passageiros continuam desaparecidos. Fontes oficiais informaram que 15 pessoas foram hospitalizadas em estado grave. O avião, em que estavam 58 pessoas – incluindo cinco membros da tripulação –, caiu no Rio Keelung, nos arredores de Taipé, capital de Taiwan, depois de atingir uma ponte. A aeronave, uma ATR-72, partiu do Aeroporto de Songshan com destino às Ilhas Kinmen, e caiu dez minutos após a decolagem. (foto: reprodução)


 


A Administração Aeronáutica Civil de Taiwan disse que o piloto do avião alertou para a ocorrência de uma emergência momentos antes da queda da aeronave. O órgão informou que, com base numa gravação das comunicações da cabine de comando e da torre de controle, o piloto disse “mayday” (socorro) três vezes, pouco depois da decolagem.


 


"O foco do nosso trabalho é tentar usar guindastes para levantar a parte da frente dos destroços, que está submersa e onde se estima que esteja a maioria dos passageiros", disse Lin Kuan-cheng, do Serviço Nacional de Bombeiros de Taiwan aos jornalistas no local. Entre os passageiros estavam duas crianças e 31 turistas de Xiamen, da província de Fujian, no Sul da China.


 


O Exército informou que 165 soldados foram destacados para o local da queda do avião e estavam ajudando nas operações de resgate com oito barcos e veículos militares. O avião, um bimotor turbo hélice de fabricação franco-italiano, foi construído em abril do ano passado e passou na última revisão efetuada no dia 26 de janeiro, confirmou um representante da Administração Aeronáutica Civil de Taiwan.


 


Este foi o segundo incidente grave envolvendo um avião da TransAsia Airways em poucos meses, depois de outro avião da companhia aérea ter caído durante uma tempestade em julho, quando operava um voo doméstico, causando a morte de 48 pessoas.


 


https://www.youtube.com/watch?v=Zh0hDhGaebE


 


*Texto atualizado às 13h16 (horário de Londres)