14 °C
Home

Cirurgias de fumantes e obesos estão com os dias contados em Devon

|

665107_49414325

Quem não perder peso ou quem não para de fumar não será mais atendido pelo NHS em Devon. O Serviço de Saúde Pública da Inglaterra anunciou na semana fez a afirmação durante o lançamento de um plano de economia de custos. De arcordo com o órgão, cirurgias rotineiras em fumantes que não abandonarem o vício e obesos que não perderem 5% do peso corporal não serão mais agendadas.


 


O presidente da comissão clínica do NHS no condado de Devon, Tim Burke, afirmou à rede britânica "BBC" que a medida é para "viver dentro de seus recursos financeiros" e que a priorização dos serviços está ajudando a fazer isso. "Não menosprezamos o difícil que será para algumas pessoas perderem peso ou deixar de fumar, por isso que continuaremos ajudando nesse aspecto", ressaltou o médico.


 


A medida não afetará às operações já programadas, mas os pacientes que quiserem fazer uma cirurgia a partir de hoje pelo sistema público de Devon deverão abandonar o hábito ou diminuir seu peso oito semanas antes da operação. A saúde pública do condado acumula um déficit de 14,5 milhões de libras.


 


"Todas estas medidas temporárias se referem a operações planificadas e tratamentos, não para aquelas que devem ser feitas em casos de emergência para salvar vidas", detalhou Burke. O serviço sanitário de Devon publicou uma lista de serviços que serão suspensos "totalmente ou de forma parcial", na qual são incluídos tratamentos de fertilidade e cesarianas "quando não tiver razão médica".


 


Além disso, às pessoas com dificuldades auditivas receberão apenas um aparelho para melhorar a audição, em vez de dois, como era feito até agora. (Com agências internacionais)