4 °C
Home

Crime homofóbico cresce em 2014 no Reino Unido

|

{filename}

A organização Freedom of Information Action anunciou um relatório apontando o aumento de crimes homofóbicos no Reino Unido. Mais de 3.000 casos de agressão e assédio foram relatados à polícia até agora em 2014 - incluindo mais de 300 ataques violentos em Londres. Nos primeiros dez meses deste ano, o número total já é três por cento maior do que em todo o ano de 2013. Instituições dos direitos dos homossexuais afirmaram que enquanto é "encorajador" mais pessoas relatarem os crimes, muitas vítimas se sentem "silenciados" pelos abusos. (Foto: Cabinet Office)


 


A Scotland Yard registrou 1.073 crimes homofóbicos entre janeiro e outubro, um aumento de 6,6 por cento em relação a 2013. Eles incluíram 315 agressões, além de um aumento de ofensas de 693 para 747. Os números mostram aumento dos crimes em outras partes do Reino Unido. Na grande Manchester a polícia relata um aumento de 20,3 por cento até agora, enquanto em Avon e Somerset a polícia também teve que lidar com mais incidentes do que no ano passado.


 


A charity Stonewall, voltada ao público gay,  adverte que o crime de ódio homofóbico é "um problema real no Reino Unido" e as autoridades devem "continuar a tomar este tipo de abuso como extremamente sério'. Jane Sawyers, líder do policiamento para questões de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) afirmou que a “discriminar alguém por causa de sua orientação sexual ou identidade de gênero é totalmente inaceitável. As forças policiais de todo o Reino Unido estão empenhados em reduzir os crimes de ódio e melhorar os serviços às vítimas”.