11 °C
Turismo

A mais linda história de amor

|

img_8728

 


“Foi a mais linda
História de amor
Que me contaram
E agora eu vou contar
Do amor do príncipe
Shah-Jahan pela princesa
Mumtaz Mahal
Do amor do príncipe
Shah-Jehan pela princesa
Mumtaz Mahal…”. Lembram da famosa musica de Jorge Ben Jor?


O Taj Mahal é um mausoléu e foi construído pelo imperador Shah Jahan em memória de sua esposa preferida, que ele chamava de Mumtaz Mahal, “a joia do palácio”. Ela morreu após dar a luz o 14º filho do casal. O palácio foi todo construído em mármore branco, acima do túmulo dela e levou mais de 20 anos para ficar pronto. Precisou da mão de obra de 20 mil homens e possui detalhes como pedras preciosas e fios de ouro. É um dos meus lugares preferidos e tão lindo, mas tão lindo que eu poderia passar dias ali olhando e admirando. Até morrer de amor…


Os hotéis de Delhi oferecem tours diários para Agra, onde fica localizado o Taj Majal. A saída é às 6 da manhã e o retorno por volta de meia-noite. Custa cerca de INR 600 (Indian Rupees) ou AUD 10 (dólares australianos) por pessoa, sem refeições e sem a entrada para o Templo (estrangeiros pagam INR 750 ou cerca de AUD 15). Dei a sorte de ir no dia 18/abril, dia do Patrimônio Histórico da Índia e entrada gratuita. Sorte!


 


Ana Beatriz Freccia


@anafreccia


www.omundoqueeuvi.com


 


*Ana Beatriz Freccia Rosa começou a sua volta ao mundo em 2004 quando veio morar em Londres. De lá, fez algumas viagens pela Europa e dois “mochilões” pelo Oriente Médio e parte da Ásia. Voltou para o Brasil, percorreu parte da América Latina e não conseguiu sossegar. Em 2010 partiu para mais uma aventura com passagem só de ida para o Sudeste Asiático e um período sabático na Austrália, onde viveu por dois anos e meio. Em abril de 2013 largou a casa de frente para o mar e voltou para a Terra da Rainha, onde tudo começou. Hoje trabalha para um site que conecta pessoas que querem mudar de país e escreve suas histórias no blog “O mundo que eu vi”