3 °C
Esporte

Cruzeiro é o campeão do primeiro turno do Brasileirão

|

Mat01_Page30

O Campeonato Brasileiro chegou a sua metade no último final de semana. O Cruzeiro realizou a melhor campanha. O time mineiro é o líder com sete pontos de vantagem para o segundo colocado. Com 75,4% de aproveitamento, a equipe do técnico Marcelo Oliveira foi a que mais ganhou jogos, 13, e ainda conta com os dois primeiros artilheiros, Marcelo Moreno e Ricardo Goulart, com 10 e 9 gols, respectivamente. Além disso, tem o melhor ataque, com 41 gols marcados e o maior saldo do Brasileirão. (Foto: Marcelo Régua/Light Press)


 


Na última rodada do primeiro turno, o time foi até o Maracanã e fez uma grande partida contra o Fluminense. Diante de 23.534 torcedores pagantes (27.194 presentes), as equipe ficaram no 3 a 3. Mesmo com o empate deste domingo, o time fechou o primeiro turno com a melhor campanha dos pontos corridos desde 2006, quando a competição passou a ter 20 clubes: 43 pontos. Após o duelo, o treinador se mostrou satisfeito com a marca atingida pela sua equipe.


 


“O campeonato é extremamente difícil, as equipes se preparam muito e estão tentando se aproximar do Cruzeiro. No ano passado, nós comemoramos muito a virada do primeiro para o segundo turno, porque tínhamos quatro pontos de vantagem para o segundo colocado, e, esse ano, nós fizemos 43 pontos, superando o recorde da competição na era dos pontos corridos. Estamos satisfeitos, isso tudo foi feito com muito sacrifício e esforço, e não é por acaso que o Cruzeiro está nessa condição”, comentou ao site do Cruzeiro. O Fluminense, por sua vez, é o quinto colocado do torneio.


 


São Paulo assume vice-liderança


O São Paulo recebeu o Sport no domingo no estádio do Morumbi (25.194 presentes) e venceu por 2 a 0, com gols de Ritchely (contra) e Alexandre Pato. A partida também marcou a festa dos 24 anos de São Paulo do capitão Rogério Ceni, completados no dia 7 de setembro. O time de Muricy Ramalho ultrapassou o Internacional e assumiu a vice-liderança da competição.


 


Os gaúchos tinham um ponto a mais que os paulistas, porém acabaram surpreendidos pelo Figueirense, mesmo jogando no estádio Beira-Rio, com 21.531 torcedores. Após abrir 2 a 0 no primeiro tempo com gols de D’Alessandro e Paulão, a equipe sofreu uma apagão na segunda etapa e viu Everaldo, Marco Antonio e Giovanni Augusto marcarem para os catarinenses, que chegaram aos 24 pontos.


 


Fechando a zona de classificação está o Corinthians. Jogando contra o Criciuma no estádio Heriberto Hulse (12.466 pessoas) as equipes não saíram do zero. O ponto mantém o Timão em quarto lugar, enquanto o Criciúma é o primeiro time da zona do rebaixamento, com apenas 18 pontos.


 


Zona da degola tem baianos


Na 18ª posição está o Coritiba. Os paranaenses foram até Salvador no domingo para enfrentar o Bahia na Fonte Nova. O tricolor da ‘boa terra’ está uma posição. A partida, jogada com portões fechados, foi no nível da posição dos times, 0 a 0. Um lance, no entanto, chamou a atenção. Aos 32 do 1º tempo, o árbitro marcou uma penalidade inexistente para o Coritiba. Após consulta aos auxiliares e ao quarto árbitro, desmarcou.


 


Fechando a zona do rebaixamento está o Vitória. O rubro-negro baiano perdeu pela 10ª vez na competição na noite de sábado, quando enfrentou o santos no Pacaembu (16.684 presentes). David Braz abriu 2 a 0 para os santistas, Dinei descontou e Leandro Damião fechou o placar para o time da Vila Belmiro.


 


Demais jogos


Nas outras partidas que fecharam o primeiro turno do Brasileirão, o Grêmio acabou com a arrancada do Flamengo. O time de Vanderlei Luxemburgo havia vencido todas as cinco últimas partidas. Apesar de contar com maior público do campeonato até agora, 59.680 presentes no Maracanã, os gaúchos venceram por 1 a 0, com gol de Luan, aos 46 minutos do segundo tempo.


 


Por outro lado, em Chapecó, debaixo de chuva, Chapecoense e Goiáis ficaram no zero a zero com apenas 2.005 torcedores presentes na Arena Condá. No estádio Independência (18.588 presentes), em Belo Horizonte, mesmo com 15 desfalques, o Atlético-MG venceu o Botafogo pelo placar mínimo. Em Curitiba, o Palmeiras foi valente e conquistou um ponto. O empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR foi no sufoco. O time, primeiro colocado fora da zona do rebaixamento, jogou com um homem parte do segundo tempo. Josimar foi expulso aos 17 minutos.


 


Próximos jogos:


Quarta-feira
Palmeiras x Criciúma
Grêmio x Atlético-PR
Figueirense x Fluminense
Sport x Santos
Coritiba x Chapecoense
Botafogo x São Paulo
Vitória x Internacional
Goiás x Flamengo
Quinta-feira
Corinthians x Atlético-MG
Cruzeiro x Bahia


 





















































































































































































































































































CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG %
1 Cruzeiro 43 19 13 4 2 41 18 23 75.4
2 São Paulo 36 19 10 6 3 31 20 11 63.2
3 Internacional 34 19 10 4 5 25 16 9 59.6
4 Corinthians 33 19 8 9 2 24 12 12 57.9
5 Fluminense 31 19 9 4 6 31 19 12 54.4
6 Grêmio 31 19 9 4 6 17 14 3 54.4
7 Atlético-MG 30 19 8 6 5 24 19 5 52.6
8 Sport 28 19 8 4 7 16 23 -7 49.1
9 Santos 26 19 7 5 7 21 15 6 45.6
10 Flamengo 25 19 7 4 8 16 23 -7 43.9
11 Atlético-PR 25 19 6 7 6 25 26 -1 43.9
12 Figueirense 24 19 7 3 9 17 25 -8 42.1
13 Goiás 24 19 6 6 7 14 19 -5 42.1
14 Botafogo 22 19 6 4 9 19 19 0 38.6
15 Chapecoense 20 19 5 5 9 13 20 -7 35.1
16 Palmeiras 18 19 5 3 11 15 25 -10 31.6
17 Criciúma 18 19 4 6 9 9 25 -16 31.6
18 Coritiba 17 19 3 8 8 14 18 -4 29.8
19 Bahia 17 19 3 8 8 11 17 -6 29.8
20 Vitória 15 19 3 6 10 17 27 -10 26.3