14 °C
Perfil

Depois de viver por muitos anos nos EUA, Jonas Torres está no elenco de 'Império'

|

Foto01_Page17

Se você assistiu a série ‘Armação Ilimitada’, nos anos 80, certamente lembrará dele. O ator Jonas Torres era o ‘Bacana’, o pequeno companheiro de Juba (Kadu Moliterno) e Lula (André de Biasi) no seriado. O personagem ganhou fama nacional e sucesso com pouco mais de 11 anos de idade, no entanto, todo este reconhecimento não subiu à cabeça de Jonas, que sequer seguiu firme na profissão. (Fotos: Divulgação/TV Globo)


 


Após o fim da série, em 1988, participou  das novelas "Top Model" e "Vamp", antes de se mudar para os Estado Unidos. Filho de pai estadounidense e mãe brasileira, ele serviu o exército dos Estados Unidos por um tempo, onde foi paraquedista. Voltou ao Brasil no final dos anos 90 e depois retornou aos EUA para ser piloto civil.


 


Jonas, no entanto, não deixou de lado completamente o trabalho como ator. Ele fez participações em 'Malhação', 'Os Mutantes', novela da Record e teatro entre 2009 e 2010. O ator, que completa 40 anos no próximo dia 22, está de volta às telinhas brasileiras em 2014 na novela 'Império', da rede Globo, no papel de Ismael.


 


Casado com a fotógrafa Dani Pinheiro e pai de Pedro, de 11 anos, e Nina, de 4, ele comemora o carinho com que tem sido recebido pelo público. Torres perdeu 18 quilos em três meses para encarar o papel de Ismael, um catador de lixo. Segundo ele, o segredo foi fechar a boca. “Passei a comer de três em três horas, uma alimentação mais saudável, nada de carboidrato depois das 18 horas, e nem refrigerante. Além disso, estou firme no jiu-jitsu, que sempre pratiquei, e nas corridinhas”.


 


Depois do sucesso como ator você se dedicou a outras atividades. A vontade de atuar continuou sempre presente durante o tempo em que esteve fora dos palcos e da TV?


Eu fiz uma escolha consciente quando fui seguir outros caminhos e volta e meia fazia participações artísticas e peças de teatro. Portanto, nunca me afastei por completo do meio. Uma vez ator, sempre ator.


 


Você viveu nos Estados Unidos e chegou a ser paraquedista do exército americano. Foram quantos anos e em onde atuou?


Bom, morei em muitas cidades diferentes e em períodos diversos, no total foram aproximadamente 13 ou 14 anos nos EUA. Com passagens pela Flórida, Califórnia  e Alaska, entre outros estados.


 


Como foi a experiência de viver longe do Brasil e o que você guarda de mais importante dos anos que passou longe de casa?


A experiência de morar fora do seu lugar de origem é muito boa. Olhar o mundo de outro ângulo, conhecer outras culturas e se adaptar ao "novo" é uma coisa muito valiosa. E comigo não seria diferente. Meu pai é americano. Ter convivido mais com ele e conhecer a fundo o seu país de origem foi muito importante para mim.


 


Você pode falar um pouco sobre Ismael, seu personagem em ‘Império'?


O Ismael é um catador e sobrevive do que os outros descartam. Isto é um aspecto interessante, porque ele nunca sabe o que vai aparecer e acaba tornando-o uma pessoa que tem que agarrar as oportunidades. Mas mesmo assim ele consegue manter um pouco de ética. Esta dualidade do personagem é extremamente boa para o ator que o interpreta.


 


E como está sendo a experiência de estar de volta à TV?


Está sendo muito bom retomar a carreira, ainda mais numa novela como esta. Muito bem escrita e com elenco e equipes sensacionais.


Foto02_Page17