9 °C
Notícias

Em vídeo de campanha, Campos critica aliança de Dilma com Calheiros, Collor e Sarney

|

Untitled

Circula desde o final da semana passada um  vídeo no YouTube que seria um dos programas gravados pelo PSB para a campanha presidencial que começa em rádio e TV na terça-feira, dia 19. Nele, o Eduardo Campos, morto na última quarta-feira (13) aos 49 anos em acidente aéreo que vitimou mais seis pessoas, critica o número de ministérios da gestão petista (39, contando as secretarias com peso de ministério). Ele chega ao local onde as imagens foram gravadas acompanhado de sua vice, a ambientalista Marina Silva, que o substuirá no pleito. 


 


No vídeo Eduardo Campos, também fala das alianças firmadas pela presidente Dilma Rousseff (PT) com os peemedebistas José Sarney e Renan Calheiros, além do petebista Fernando Collor. Ele também ressalta em suas falas o slogan de sua coligação, que é “Coragem para mudar”.


 


O PSB chegou a pedir que o início da propaganda eleitoral fosse adiado alguns dias, mas a Justiça Eleitoral não concedeu a liminar, sob o entendimento de que alteraria a programação tanto dos canais como dos demais candidatos.


 


Confira a íntegra do vídeo abaixo:


 


https://www.youtube.com/watch?v=sIXUHypjV50