14 °C
Notícias

Perícia encerra buscas por restos mortais em acidente que vitimou candidado à presidência

|

_MG_2231

A Polícia Civil encerrou nesta quinta-feira a busca pelos restos mortais do avião que caiu em Santos e vitimou o candidato à presidência da república Eduardo Campos. Tudo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de São Paulo. O IML da capital paulista já recebeu 11 sacos com partes de corpos. A intenção é que as famílias dos envolvidos no acidente identifiquem os corpos e que os velórios possam ser realizados. De acordo com o delegado Aldo Galeano, responsável pelo caso, os corpos devem ser liberados em até três dias. (Fotos: Nara Assunção/Jornal Boqnews)


 


“A preocupação da polícia é com a tragédia. Nós estamos preocupados em liberar os corpos para as famílias. Nós achamos pedaços de corpos durante a madrugada e acabamos de achar mais algumas partes na hora do almoço, por volta das 12h20. Nós queremos acelerar essa parte para que as famílias possam velar as vítimas do acidente. Estão falando de dois a três dias para liberação dos corpos”, afirmou.


 


Sete pessoas estavam na aeronave. Eram elas:


- Eduardo Campos, candidado à presidência
- Alexandre Severo Silva, fotógrafo
- Carlos Augusto Leal Filho (Percol), assessor
- Geraldo Magela Barbosa da Cunha, piloto
- Marcos Martins, piloto
- Pedro Valadares Neto
- Marcelo de Oliveira Lyra


 


Quanto a investigação, o delegado afirma que, somente após um laudo disponibilizado pela Aeronáutica, a Polícia Civil terá como chegar a uma conclusão. “A Polícia investiga se foi um homicídio culposo, se houve imperícia ou imprudência, que pode envolver desde o piloto até problemas de manutenção e defeitos da aeronave, mas isso nós vamos saber com o laudo da aeronáutica”, explica. A caixa-preta do avião está em Brasília para perícia. Também já se sabe que o corpo do candidado do PSB  será velado na sede do governo de Pernambuco. Além disso, ainda não há previsão de liberação das casas atingidas na queda do avião.


 


Confira fotos do acidente: