8 °C
Home

Avião da Air Algérie que estava desaparecido caiu no Mali

|

flickr-2656965926-hd

O avião da Air Algérie que estava desaparecido caiu no Mali, onde o último contato havia sido registrado, anunciaram autoridades argelinas. A aeronave transportava 116 pessoas, das quais 50 eram da França, 26 de Burkina Faso, de onde o avião partiu, e sete da Argélia, onde deveria ter pousado. A companhia aérea Air Algérie anunciou pela manhã que perdeu contato com um de seus aviões 50 minutos depois de ter decolado de Ouagadougou, capital de Burkina Faso, rumo a Argel, capital da Argélia. "Os serviços de navegação aérea perderam contato com o avião que assegurava a ligação entre Ouagadougou e Argel, 50 minutos depois da descolagem".


 


De acordo a página da companhia na internet, a Air Algérie oferece quatro voos semanais para a capital de Burkina Faso. A aeronave, um McDonnell Douglas MD-83, decolou à 1h17 do horário local (02h17 horário de Londres) e deveria ter chegado à Argélia às 5h10 (05h10 em Londres).


 


A aviação mundial enfrenta um ano de grandes tragédias. Na semana passada, um avião da Malaysia Airlines com 298 passageiros foi atingido por um míssil no Leste da Ucrânia. Os primeiros corpos recuperados chegaram quarta-feira (23) à Holanda, país com o maior número de vítimas. Ainda na quarta, um avião da TransAsia teve de fazer um pouso forçado em Taiwan e deixou mais de 40 mortos. Além disso, um outro avião da Malaysia Airlines, que levava 239 passageiros a bordo continua desaparecido desde março.