14 °C
Esporte

Imponente, reservatório do Mocó ainda ajuda a abastecer a capital do Amazonas

|

DSCF1653

MANAUS - A Praça Chile, no Bairro de Adrianópolis, abriga uma das construções mais importantes da história de Manaus. A caixa d'água do Mocó, como é conhecida, foi o principal reservatório de água do município no século passado. Foi tombado pelo Patrimônio Histórico Nacional em 13 de Março de 1995. Sua construção foi iniciada na administração do Governador Eduardo Gonçalves Ribeiro. (Foto: Márcio Ceccarelli)


 


A obra, em estilo neo-renascentista, foi inaugurada em 1899 durante o período áureo da borracha. O reservatório abrange uma área com cerca de mil metros quadrados, e foi planejado e construído com o objetivo de solucionar os problemas de abastecimento de água que atingiam a cidade no final do século XIX.


 


Destaca-se pela imponência de sua estrutura interna – toda em ferro importado da Inglaterra – que suporta dois enormes tanques metálicos, instalados no espaço superior da edificação. Tombado pelo IPHAN em 13 de Março de 1995, o Reservatório do Mocó abastece ainda hoje parte da Cidade de Manaus. (Com Portal da Copa)


 


Márcio Ceccarelli
editor@braziliannnews.uk.com