8 °C
Esporte

Festa e protesto de brasileiros em Londres marcaram o dia de abertura da Copa no Brasil

|

DSC_0496

Por Julio Rocha (juliorocha@live.com)


LONDRES - Sol, céu azul e sensação térmica ultrapassando os 30 graus. A notícia até parece que vem do Brasil, mas foi em Londres que a temperatura da Trafalgar Square ficou ainda mais elevada com as 20 mil pessoas que passaram para ver o "Brazil Day", na tarde desta quinta-feira (12). O evento organizado pela Embaixada do Brasil marcou, na capital britânica, o dia da abertura da Copa de 2014.


Torcedores de diversos países e o público local que deixava o trabalho no fim do expediente se misturava à grande maioria de brasileiros para assistir, num palco montado para a festa, as apresentações do Clube do Choro, Maracatudo Mafua, a voz da cantora de bossa nova Mônica Vasconcelos e a apresentação do DJ D. Vyzor. Aula de forró e a capoeira do Cordão de Ouro também fizeram parte da programação.


O momento ápice da festa ficou por conta da entrada da bateria e das passistas da escola de samba carioca Paraíso do Tuiuti, que botou todo mundo para sambar. Quem não sabia, pedia para tirar foto com os brasileiros que caíam na folia ao som de sambas inesquecíveis da Marquês de Sapucaí como "Explode Coração" (Salgueiro), "Atrás da Verde-e-rosa Só Não Vai Quem Já Morreu" (Mangueira), entre outros.


Para matar a vontade do sabor da nossa comida, o público presente pôde contar com barraquinhas que vendiam iguarias da Bahia, espetinhos de carne, churrasco, doces dos mais variados tipos, açaí, sucos naturais e, até mesmo, aqueles churros das pracinhas do Brasil. Baianas vestidas com roupas típicas distribuíam fitas do Senhor do Bonfim.


A festa brasileira tomou conta dos arredores da praça. A polícia metropolitana tentava fazer que as pessoas circulassem para evitar as grandes aglomerações. Por questões de direitos de transmissão, a Fifa não autorizou que os jogos fossem exibidos no local e por volta das 19h a festa da Trafalgar Square teve de ser encerrada.


Em seguida, todos lotaram os pubs e restaurantes do West End londrino para assistir à partida entre Brasil e Croácia. O Brasil levou a melhor e venceu por 3 a 1 a seleção adversária.


Manifestantes protestaram em frente da National Gallery


DSC_0616


Do outro lado da festa, um grupo de aproximadamente 10 manifestantes se reuniu em frente às escadarias da National Gallery para protestar contra os gastos bilionários na Copa, a falta de investimento na saúde, na educação e a insegurança nas cidades brasileiras e nas obras dos estádios, que levou à morte de oito operários.


Uma faixa principal exigia o fim da corrupção no Brasil e trazia mensagens de ordem, pedindo que os brasileiros deixassem de ser "passivos" aos escândalos que corroem o cenário político e social do país.