15 °C
Notícias

Juíza ordena exame psiquiátrico para Pistorius

|

Oscar Pistorius appears at pre trial hearing in Pretoria

A juíza Thokozile Masipa, encarregada pelo julgamento de assassinato do velocista paralímpico Oscar Pistorius, sentenciou hoje que o sul-africano passará por um exame psiquiátrico durante um mês para determinar se seu suposto transtorno de ansiedade teve alguma influência em seu comportamento na noite em que ele matou a tiros sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp. O acompanhamento começa já na próxima segunda-feira. (Foto: Jordi Matas/Demotix/Corbis)


 


O procurador Gerrie Nel solicitou a medida depois que uma psiquiatra convocada pela defesa assegurou que Pistorius sofria um Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG). Pistorius, no entanto, não será internado. O tratamento acontecerá diariamente no hospital Weskppies, situado em Pretória, ou até que seja formalmente liberado.


 


Após a realização do exame, uma equipe médica vai determinar se o suposto transtorno de Pistorius influenciou em seu comportamento no momento do crime. Sua namorada estava no banheiro da casa do velocista em Pretória, na África do Sul. Com a sentença, a juíza adiou o julgamentopara o dia 30 de junho. Nesta data, os resultados do exame já estarão revelados e o processo será retomado.


 


Pistorius, que em 2012 se transformou no primeiro atleta com as duas pernas amputadas a disputar uma Olimpíada com atletas que não possuem dificiência, confessou ter matado sua namorada na madrugada do dia 14 de fevereiro do ano passado. Em sua defesa, alegou ter disparado por pânico, ao pensar que sua namorada fosse um ladrão que tinha entrado em sua casa.