15 °C
Esporte

Cruzeiro cai e Brasil fica sem semifinalistas na Libertadores após 23 anos

|

5092

Não deu para o Cruzeiro contra o time do Papa Francisco. A equipe Celeste ficou no 1 a 1 contra o San Lorenzo, no Mineirão, na noite de quarta-feira, pelas quartas de final da Libertadores e deu adeus à competição. No jogo de ida, o time havia perdido por 1 a 0, o que fazia com que o time precisasse da vitória por dois gols de diferença para se classificar. No entanto, logo aos nove minutos a equipe argentina marcou e fez com que o time brasileiro tivesse que marcar três gols para avançar. Bruno Rodrigo empatou o jogo na etapa final, o que foi insuficiente. (Foto: Washington Alves/Light Press)


 


Agora, os argentinos pegam o vencedor de Lanús, da Argentina, e Bolivar, da Bolívia, que jogam nesta quinta-feira. O jogo de ida entre as duas equipes, na Argentina, terminou em 1 a 1. Com a eliminação do Cruzeiro, esta se torna a pior participação das equipes brasileiras em 23 anos. Desde 1991, quando o Flamengo foi eliminado pelo Boca nas quartas, o país não ficava sem representantes nas semifinais. Desde então, apenas em 1996, 2001 e 2004 não houve times brasileiros na final da competição.


 


 


“O que deveria acontecer é o Cruzeiro sair na frente, apertar e nós tentamos isso. Ter levado o gol primeiro mudou a história do jogo. O time desorganizou um pouco no primeiro tempo e só no segundo tempo que atuamos de uma maneira completamente diferente. Nós esperávamos avançar muito mais na competição, infelizmente não foi possível”, analisou o técnico cruzeirense Marcelo Oliveira ao final da partida.