8 °C
Home

Maioria dos trabalhadores temporários ganham menos que o piso, diz TUC

|

1020809_69869455

A maioria dos trabalhadores sem contratos ganham menos que o salário mínimo. É o que confirma pesquisa divulgada pela TUC (Trade Union). O Escritório Nacional de Estatísticas (ONS) deve rever a estimativa do número de pessoas sem contratos, com alguns relatos que sugerem que os números podem aumentar para quase um milhão dentro de todo o Reino Unido. (Foto: Billy Frank Alexander Design)


 


A análise constatou que o salário médio por hora de um trabalhador com sem contrato foi de £ 8,83 por hora - um terço a menos do que a média para o pessoal com contratos permanentes (£ 13,39). O relatório constatou que a maioria (57,6%) dos trabalhadores fora de Londres ganhavam menos que o salário mínimo de £ 7,65 por hora, enquanto mais de três quartos das pessoas que trabalham na capital recebem menos que o salário mínimo londrino, que é de £ 8,80 por hora de acordo com o sindicato.


 


O relatório também descobriu que os trabalhadores sem contratos têm quase seis vezes mais chances de receber diferentes montantes de salário semanalmente, em comparação ao pessoal com outros tipos de acordos de trabalho. Dois em cada cinco trabalhadores nesta situação relataram não ter uma quantidade usual de pagamento. Esta falta de horários regulares e renda faz com que seja difícil para as famílias organizar o orçamento, diz a TUC.


 


"Os trabalhos sem contratos sempre estiveram presentes, mas eles foram confinados a pequenas áreas do mercado de trabalho, e visto como uma forma de manter o pessoal na ativa. Mas o trabalho casual está se tornando mais popular, enquanto a economia se recupera”, afirmou Frances O'Grady, secretário-geral da TUC.