11 °C
Turismo

Milão: capital da moda e um destino imperdível

|

Panorama desde o Duomo_Page12e13

Milão é uma cidade dentro de muitas. A capital da moda oferece uma para cada pessoa que atravessa suas muitas histórias. Há itinerários de arte para permitir viagens entre as idades, atendendo Leonardo da Vinci ou Giorgio Fontana ao longo do caminho e, é claro, há as ruas comerciais, os palácios históricos que formam um magnífico pano de fundo para os desfiles de moda.


 


A segunda maior cidade da Itália oferece uma quantidade imensa de atrativos ao turista. E tem de tudo, para todos os gostos. Em Milão está o teatro Alla Scala, a Santa Ceia de Leonardo da Vinci, o Castelo Sforzesco, o Estádio Giuseppe Meazza, o Duomo. O bolso, no entanto, precisa estar preparado. É fácil torrar dinheiro nas centenas de boutiques existentes por toda a cidade.


 


No entanto, também dá para gastar pouco na capital da moda. Existem bons hotéis e restaurantes a preço bastante convidativos, e o transporte é relativamente barato. Com aproximadamente 1.5 milhão de habitantes (4.300 na região metropolitana), a cidade conta com uma bela gastronomia, baladas famosas e belos parques.


 


A força da moda
Milão é conhecida mundialmente como a capital do design, com maior influência global no comércio, na indústria, música, desporto, literatura, arte e mídia, tornando-se uma das cidades principais do mundo. A metrópole é especialmente famosa por suas casas e lojas de moda (como a Via Montenapoleone) e a Galleria Vittorio Emanuele na Piazza Duomo (o shopping mais antigo do mundo).


 


A cidade tem um musical particularmente famoso, principalmente operística, por tradição, é a casa de vários compositores importantes (como Giuseppe Verdi) e teatros (como o Teatro alla Scala). Milão é também conhecida por conter vários museus importantes, universidades, academias, palácios, igrejas e bibliotecas (tais como a Academia de Brera e o Castello Sforzesco) e dois clubes de futebol mundialmente conhecidos: Associazione Calcio Milan e Football Club Internazionale Milano.


 


Culinária refinada
Os restaurantes milaneses servem os mais variados pratos regionais de toda a Itália. Você vai encontrar massas, laticínios e carne, combinados com alimentos internacionais, como maki e curry. Não deixe de provar a Massa ou a Costoletta alla Milanese (vitela à milanesa). E claro, se visitar a cidade no verão, não deixe de experimentar os deliosos gelatos.


 


Teatro alla Scala
O Teatro alla Scala é uma das mais famosas casas de ópera do mundo. Foi construído para substituir o Teatro Regio Ducale, destruído por um incêndio em 1776. Obra do arquiteto neoclássico Giuseppe Piermarini, foi inaugurado em 3 de agosto de 1778 com a opera de Antonio Salieri, L'Europa riconosciuta, com libreto de Mattia Verazi.


 


Em 1943, o local sofreu grandes danos em virtude de um bombardeio. Reaberto em 11 de Maio de 1946 sob a regência de Toscanini, o teatro retoma a sua glória. Os maestros mais importantes, a partir de 1965, são Giacomo Manzoni, Claudio Abbado e Riccardo Muti.


 


Veja a Última Ceia
Uma vez em Milão, não perca a oportunidade de ver uma das pinturas mais famosas do mundo. A ‘Última Ceia’ de Leonardo da Vinci pode ser vista no Cenacolo Vinciano. Obviamente, o local é concorridíssimo, então agende sua visita com a maior antecedência possível.


 


Estádio Giuseppe Meazza
O estádio Giuseppe Meazza é a casa de dois dos maiores clubes do futebol italiano, a Internazionale e o Milan. Durante alguns anos foi o maior estádio do mundo. O estádio foi inaugurado em 19 de Setembro de 1926 com o jogo Internazionale 6 x 3 Milan, no distrito de San Siro, daí o nome do estádio. Durante anos era o estádio do Milan. Só mais tarde, em 1947, a Internazionale começou a jogar no estádio. No dia 3 de março de 1980, o estádio foi rebatizado oficialmente como Giuseppe Meazza em homenagem ao jogador, ídolo das duas torcidas, morto um ano antes.


 


Duommo
A Catedral de Milão fica na praça central da cidade. É a sede da Arquidiocese de Milão. Possui 157 m de comprimento e 109 m de largura. A catedral é um importante ponto turístico de Milão, e do alto do seu terraço é possível vislumbrar toda a cidade.


 


Como chegar
Chegar até a capital da moda é simples. Partindo de Londres, inúmeras companhias aéreas oferecem o serviço, que demora cerca de duas horas. O preço varia de acordo com a antecedência do voo.