19 °C
Home

As vantagens (e desvantagens) em ter um passaporte britânico

|

british passport

Simone Pereira


 


Em uma cidade como Londres é comum famílias serem formadas por casais de diferentes nacionalidades, portanto é cada vez mais natural encontrar pessoas que tem passaporte de mais de um país. Ter dupla ou múltiplas nacionalidades ajuda não somente na hora de viajar (conforme o acordo diplomático entre os países), mas também auxilia na busca de emprego, já que alguns trabalhos podem incluir viagens de negócios.


 


O Brasil não faz nenhuma objeção ao brasileiro que adquire outra nacionalidade por naturalização, ou seja, ter outra nacionalidade não significa que precisa deixar de ser brasileiro. Mas quais são as vantagens em ter um passaporte britânico? Para visitar ou morar em um país que faz parte da comunidade europeia ter o passaporte de um dos países membros irá – sem dúvida – facilitar a vida. Mas, para quem está morando no Reino Unido, ter o passaporte britânico, pode ajudar – ou atrapalhar – tudo depende se a pessoa já possui alguma outra nacionalidade europeia.


 


Muitas vezes ter a nacionalidade do país que está morando parece ser mais fácil, mas no caso de um europeu, como um português, por exemplo, que se naturaliza britânico, e pretende que o seu familiar não europeu venha morar com ele, irá encontrar uma burocracia muito maior no processo de solicitação de visto do seu familiar. Porém, com o exemplo da Suíça, que recentemente decidiu implementar cotas para imigrantes e o impacto da notícia no debate interno se o Reino Unido fica ou sai do epaço econômico europeu, se naturalizar britânico é se preparar para o futuro, afinal a gente nunca sabe o que poderá acontecer no dia de amanhã.


 


Caminhos da Naturalização
Embora utilizamos o termo "passaporte britânico", o correto é se naturalizar britânico, o passaporte é um processo posterior a esse. Há rotas diferentes para se naturalizar, mas geralmente a pessoa tem que provar que viveu no país por pelo menos cinco anos, que não se ausentou por muito tempo e que tem a intenção de viver no Reino Unido.


 


Entre outros requerimentos é necessário evidência que fala inglês e ter passado no Life in the UK, pra se naturalizar britânico é importante que mostre que fale o idioma e que conhece a história e política do país, isso significa, que está integrado na sociedade. É necessário que tenha tido permissão de residência durante todo o período de qualificação.


 


Depois de todo o processo aprovado, o "futuro cidadão britânico" será convocado para participar da cerimônia de naturalização, onde receberá o certificado de naturalização. A partir desse dia, mesmo sem ainda ter solicitado o passaporte, já pode ser chamado de "britânico". "O processo de naturalização britânica é bem mais rápido e eficiente quando comparamos com os processos equivalentes na Itália ou Portugal, por exemplo", lembra Ricardo Zagotto, consultor de imigração da Abras.


 


Abras
Se estiver interessado em se naturalizar ou obter mais informações de como funciona o processo, contate a equipe de imigração da Abras. Primeiramente é necessário se tornar um associado. O valor de associação é de £35 por seis meses. Mais detalhes de como funcionam os serviços da Abras podem ser obtidas pelo telefone 020 8961 3377 ou email (info@abras.org.uk). O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, e aos sábados, das 10h às 17h.     ​