19 °C
Brasil

Gasto de brasileiros em viagens internacionais cai em Março

|

maior-ponte-solar-do-mundo-Londres201401290005

O Banco Central informou nesta sexta-feira o gasto de brasileiros no exterior. De acordo com o órgão, houve um pequeno recuo de 1,34% sobre o mesmo mês do ano passado. O total de gastos foi de US$ 1,83 bilhão em março. Com isso, o ano passado continua com o recorde para o terceiro mês do ano. Em 2013 as despesas somaram US$ 1,86 bilhão. A série histórica do Banco Central teve início em 1947. (Foto: Solarcentury)


 


“A gente não observava ao longo de 2012 e 2013 uma queda na comparação interanual”, disse o chefe do Departamento Econômico do BC, Tulio Maciel. Com relação a 2013, os gastos de brasileiros em viagens ao exterior chegaram ao recorde de US$ 25,342 bilhões.


 


No primeiro trimestre também houve redução nas despesas de brasileiros no exterior. De janeiro a março, esses gastos chegaram a US$ 5,874 bilhões, com redução de 1,8% em relação ao primeiro trimestre do ano passado (US$ 5,984 bilhões). O resultado confirma tendência apresentada no primeiro bimestre.


 


Para Maciel, o fator que levou à redução dos gastos no exterior é o dólar mais caro. Em março, a cotação média do dólar chegou a R$ 2,33 e, no mesmo mês do ano passado, estava em R$ 1,98. Maciel também argumentou que movimentos de curto prazo na cotação do dólar tem uma influência menor porque as viagens internacionais são programadas com antecedência. Por isso, disse Maciel, é preciso observar as mudanças no câmbio mantidas por um período maior, para se verificar a reação nos gastos no exterior.


 


Outro fator que pode influenciar nas viagens internacionais é a renda, mas a influência para o resultado de agora foi descartado. Para Maciel, como a renda dos brasileiros continua crescendo, o fator que teve relevância para haver redução nas viagens foi mesmo o dólar mais caro. (Com Agência Brasil)