19 °C
Esporte

Portuguesa abandona gramado, e Série B começa com confusão

|

IMG_0155-740x493

Mais bagunçado, impossível. O Campeonato Brasileiro da Série B começou na sexta-feira com a Portuguesa tirando o time de campo aos 17 minutos do jogo contra o Joinville, em Santa Catarina. O motivo? A equipe recebeu uma intimação baseada na liminar expedida que recoloca o time paulista na elite do futebol do país. A decisão da juíza Adaisa Bernardi Isaac Halpern, da 3ª Vara Cível da Penha, na cidade de São Paulo, veio a partir da denúncia de um torcedor da Lusa, pedindo a manutenção da equipe na Série A, após o rebaixamento ocorrido no ano passado. (Foto: Assessoria de Imprensa JEC)


 


O pedido para que o jogo fosse paralisado foi feito pelo delegado da partida, acatando a liminar. O primeiro a ser informado foi o técnico da Portuguesa, Argel Fucks, que imediatamente solicitou que os atletas deixassem o gramado. "Sou funcionário da Portuguesa. É uma decisão do presidente, do departamento de futebol, tenho que acatar", afirmou o treinador.


 


Problemas à vista


A saída do time paulistano de campo, no entanto, não foi bem vista pelo procurador geral do STJD, Paulo Schmitt. Isso porque a liminar, na visão da CBF, não tem valor. "Há uma decisão do Superior Tribunal de Justiça que diz que o tribunal competente para julgar as ações deste caso é o do Rio de Janeiro. E, no Rio, está determinado que se cumpra a decisão do STJD. Portanto, essa liminar de São Paulo não existe", afirmou.


 


Schmitt ainda disse que a Lusa será denunciada por abandonar o campo. "A Portuguesa jamais poderia ter deixado o campo como fez. Ela corre riscos. No Código Brasileiro de Justiça Desportiva, as penas variam entre multa, perda de pontos, que iriam para o adversário, e exclusão da competição", finalizou.


 


Entenda o caso


A Portuguesa foi punida em dezembro pelo STJD com a perda de quatro pontos pela escalação do meia Héverton, que estava suspenso, no jogo contra o Grêmio, pela última rodada do Brasileirão. O Flamengo também foi punido por utilizar irregularmente o lateral-esquerdo André Santos. Com isso, o Fluminense ultrapassou os dois rivais e se salvou do rebaixamento. Assim, a Lusa acabou entre os quatro rebaixados.