18 °C
Turismo

Bratislava: a surpreendente capital da Eslováquia

|

Panorâmica da Cidade Velha (à esquerda) e Petržalka (à direita)_Page12e13

Surpreendente. Assim a maioria das pessoas define Bratislava, após visitar a capital da Eslováquia. Desconhecida da maioria do grande público, a cidade possui grande riqueza histórica, e muita beleza. O município está distante cerca de 65km de Viena, e também próximo a Budapeste. É a única capital europeia situada na fronteira do seu país com outros dois. Cortada pelo rio Danúbio, possui aproximadamente 427 mil habitantes. A cidade é muito tranquila, bonita e limpa. Por toda parte estão estátuas de "trabalhadores" que lembram o período comunista. Bratislava ainda guarda resquícios dos anos de comunismo, com seus grandes blocos de apartamentos retangulares.


 


Dois dias são suficientes para andar pelas ruas da cidade e conhecer os principais pontos. Mas se prepare, porque são vários! No centro velho está a maior parte dos bares e restaurantes da cidade, onde turistas aproveitam os ótimos preços das lojinhas de souvenir, que existem aos montes. É possível comer bem e barato, assim como beber pagando pouco. Na região existem diversos prédios de estilo rococó e museus, entre galerias de arte e o Castelo de Bratislava. O transporte é barato e organizado, mas não se preocupe: você pode conhecer tudo andando. Para se chegar no aeroporto é preciso pegar um trem e um ônibus, em uma viagem que dura aproximadamente uma hora.


 


A Porta de Miguel (Michalská brána) é a única porta que se preservou das fortificações medievais, e se encontra entre os edifícios mais antigos da cidade; a casa mais estreita na Europa está na zona próxima. O Palácio Grassalkovich, construído ao redor de 1760, é agora a residência do presidente eslovaco, e o Governo eslovaco tem sua sede no antigo Palácio Arzobispal.


 


Catedrais


As catedrais e igrejas notáveis incluem a catedral gótica de São Martinho, construída entre os séculos XIII e XVI, que serviu de coroação da igreja o Reino de Hungria entre 1563 e 1830. A igreja dos Franciscanos, que data do século XIII, tem sido um lugar de cerimônias. É o edifício sacro mais antigo da cidade. A Igreja de Santa Isabel, mais conhecida como a Igreja Azul devido a sua cor, está construída totalmente no estilo Art Nouveau.


 


Uma curiosidade é a parte subterrânea restaurada do cemitério judeu do século XIX, onde o rabino Moshe Sofer está enterrado, que se encontra na base do castelo da colina cerca da entrada a um túnel de bonde. Outras estruturas destacadas do século XX são o Nový Most (Ponte Nova) no Danúbio, com uma torre que tem um restaurante parecido a um OVNI, a sede da Rádio Eslovaca em forma de pirâmide invertida, e o desenho único da torre de televisão Kamzík TV Tower com uma plataforma de observação e um restaurante giratório.


 


Castelo de Bratislava


Situado num planalto cerca de 85 metros acima do Danúbio, o castelo de Bratislava é uma das estruturas mais proeminentes da cidade. A colina onde está o castelo é habitada desde o período de transição entre as idades de Pedra e Bronze, e foi o local da acrópole de um povo celta, parte do Limes Romanus, um enorme assentamento fortificado eslavo, e um centro político, militar e religioso da Grande Morávia. Em 1811, o castelo foi destruído e esteve em ruínas até a década de 1950, quando foi reconstruído em sua maioria no estilo da rainha Maria Teresa.


 


Bratislavia também está repleta de parques


Devido a sua localização e sua vegetação nas planícies aluviais do Danúbio, Bratislava possui bosques perto do centro da cidade. O maior parque da cidade é o parque Horský (literalmente, o parque da montanha), na Cidade Velha. O parque Parque Florestal de Bratislava (Bratislavský lesný) está situado nos Cárpatos Pequenos e inclui muitos lugares populares entre os visitantes, como Železná studienka e Koliba.


 


O Jardim zoológico de Bratislava encontra-se em Mlynská dolina, perto da sede da Televisão Eslovaca. O zoológico foi fundado em 1960, e na atualidade abriga 152 espécies de animais, incluindo espécies raras como o leão branco e o tigre branco. O Jardim Botânico possui mais de 120 espécies nacionais, estrangeiras e de origem exótica.


 


A cidade tem uma série de lagos naturais, a maioria dos quais são utilizados para o lazer. Como por exemplo o lago Štrkovec em Ružinov, o Kuchajda em Nové Mesto, os lagos Zlaté Piesky e Vajnory no nordeste e o lago Rusovce no sul, que é popular entre os nudistas.


 


Slavín (Memorial Militar Slavín)


Monumento em homenagem aos soldados do Exército Vermelho que participaram da libertação da região em abril de 1945 - final da Segunda Guerra Mundial. Também é um cemitério para 6845 soldados que morreram durante as batalhas. A coluna do centro tem 39 metros de altura e pode ser vista de outros pontos da cidade. Nas paredes estão as datas de libertação de cada cidade eslovaca.