11 °C
Home

Presidente da Assembleia de Londres: "Ibero-americanos são a primeira minoria linguística em Londres"

|

DSCF0952

Isaac Bigio


 


Em uma declaração histórica, o presidente da Assembleia Metropolitana de Londres afirmou que os falantes das línguas portugesa e espanhola são a maior minoria da capital britânica. As autoridades de Londres foram eleitos por quatro anos em 2012. Um deles é o prefeito de Londres e o outro é a Assembleia, um 'parlamento' composto por 25 conselheiros, 16 eleitos em cada um de seus locais e 9 por representação proporcional.


 


Enquanto o prefeito Boris Johnson é membro do partido conservador, Darren, que compartilha o mesmo sobrenome, é um dos líderes do Partido Verde, partido que ficou em terceiro lugar nas últimas eleições de Londres. Darren recebeu a reportagem na última quinta-feira para falar sobre a comunidade.


 


O governante falou sobre a marcha que dirigiu há cinco anos, foi a maior já vista neste país pedindo anistia para imigrantes ilegais. O presidente da Assembleia de Londres esteve na manifestação ao lado de oito mil pessoas, que saíram de Elephant and Castle com bandeiras da Aliança Latino-Americana pedindi respeito, reconhecimento e regularização dos ibero-americanos.


 


Darren se disse orgulhoso pela marcha e disse que a Assembleia deve aprovar uma ordem para regularizar mais de meio milhão de imigrantes ilegais em Londres, o que traria mais de £3 bilhão para a economia. Darren foi o autor da moção que exigia anistia em Londres, o que foi aprovada por todos do partido verde, liberais e democratas e Boris, mas não para o resto dos conservadores. Com o pedido não bem sucedido, o que temos agora é um crescimento de restrições anti-imigração.


 


Darren estava relutante em todas medidas, muitas das quais afetam as pessoas com passaporte europeu. A maioria dos latino-americanos que votam nestas eleições o fazem com passaportes espanhóis ou portugueses, e os cidadãos de ambos os países também estão sendo derrotados em seus direitos de trabalho e benefícios.


 


Darren propôs que a comunidade latino-americana seja reconhecida como tal. Exibindo dados oficiais (Inner London), motrou que os falantes da língua portuguesa e espanhola juntos são 3% da população, o que significa que, juntamente com a vinda do mundo espanhol e português, mas usam principalmente o inglês a comunidade ‘amiga’ representa cerca de 10%, semelhante aos 50 milhões de hispânicos que vivem nos EUA, onde se tornaram a maior minoria étnica no mundo excluindo a Índia. O presidente da Assembleia de Londres afirmou claramente que os latino-americanos são a maior minoria linguística e Londres.


 


Ele também disse que deve implementar um mês oficial do calendário para avaliar as contribuições da comunidade. Ele disse que iria continuar a promover o Mês amigo e comprometeu-se a participar nos eventos do período de 5 semanas a cada abre 7 de setembro (independência do Brasil) e encerra no dia 12 de outubro (dia da Américas), passando por datas nacionais da Catalunha, América Central , México, Chile, Belize, Moçambique e Portugal.


 


O chefe do 'parlamento' londrino também falou da importância do Brasil receber o bastão olímpico de Londres, se tornando o primeiro país sul-americano a sediar os jogos. Darren ainda disse que tinha grandes expectativas para a equipe de seu país durante a Copa do Mundo.


 


Portugal


Darren ainda falou da importância da revolução portuguesa, ocorrida há 40 anos, em 25 de abril de 1974. Antes dessa data, para 8 países de língua portuguesa viveu sob ditaduras militares (6 deles como colônias), bem como Espanha e a maior parte da América Latina. Após a revolução se deu a independência das 6 colônias. Para Darren, essa revolução modificou o panorama da Europa e do mundo.


 


Finalmente, Darren convidou a comunidade para comemorar cinco anos da grande marcha para o reconhecimento, respeito e a regularização dos ibero-americanos em três eventos especiais. Um coquetel acontece na sexta-feira, 25 de abril às 17h na Catedral de Revival (parte traseira de 42-44 High Rd Norwood SE27 9NR).


 


A segunda acontece no concerto do popular Niche, que encerra o festival de música latino-americana La Línea, no dia 2 de maio, às 11h em Brixton Electric. O terceiro é o principal evento para os 5 anos da marcha no sábado, 10 de Maio às 07h na Pimlico Academy.