20 °C
Esporte

Sem Ibra, PSG tenta segurar o Chelsea em Londres

|

article-0-1CC60EB300000578-544_634x396

Após sair na frente no "clássico dos bilhões", o Paris Saint-Germain enfrenta o Chelsea em Londres pela partida de volta das quartas de final da Champions League. O 3 a 1 no duelo de ida dá vantagem ao time francês, que tentará garantir a classificação sem o sueco Zlatan Ibrahimovic, machucado. O centroavante deixou o primeiro duelo na metade do segundo tempo com uma lesão muscular na coxa direita.


 


O brasileiro Lucas, deverá ser o substituto do sueco. No entanto, o time parisiense conta com o uruguaio Cavani para vencer o time de Mourinho e avançar as semifinais. O jornal "L'Équipe" divulgou uma informação interessante sobre o atacante. Cavani faz um gol a cada 199 minutos quando Ibra está em campo, e a cada 43 sem o companheiro por perto.


 


O Chelsea, por sua vez,  ainda tem não sabe se contará com o camaronês Samuel Eto'o, devido uma lesão muscular. O time de Mourinho precisa vencer por 2 a 0 ou por três gols de diferença para avançar sem necessidade de prorrogação. Caso devolva o 3 a 1 do jogo na França, o duelo irá para a prorrogação. Há duas temporadas, quando conquistou o título, os 'Blues' conseguiram reverter situação semelhante. Contra o Napoli, à época, o time perdeu por 3 a 1, mas devolveram o placar em Londres. Na prorrogação, o sérvio Branislav Ivanovic marcou o gol que valeu a vaga.


 


A ITV transmite a partida ao vivo, amanhã, às 19h45.


 


Real joga para administrar vantagem


No outro duelo do dia pelas quartas de final da Champions League, o Real Madrid vai até Dortmund, na Alemanha, enfrentar o Borussia. Os espanhóis possuem boa vantagem após vencer o duelo de ida por 3 a 0.  O próprio Jürgen Klopp, técnico do Borussia, admite que a dificuldade da partida, mas garante muita garra de sua equipe. "Não será fácil, mas devemos deixar tudo de nós no campo, porque devemos isso aos nossos torcedores. Colocaremos toda a paixão do mundo", disse em entrevista coletiva.