9 °C
Home

Conhecendo o Brasil através da gastronomia

|

Mat01_Page02

Márcio Rodrigo Delgado


 


A culinária de Manaus, uma das áreas do país que boa parte dos brasileiros ainda não conhece, foi o destaque da segunda edição do ‘Brazil Pop Up Diner’ no último domingo, dia 23, no centro de Londres. O evento, que entre março e junho deste ano vai trazer para a capital inglesa um pouco da rica gastronomia das 12 cidades escolhidas para sediar a Copa do Mundo, tem chamado a atenção pelo cuidado nos detalhes e pela forma ousada de mostrar que existe vida e paladar além da tradicional feijoada.


 


“Uma das coisas que foram levadas em conta, na hora de definir o menu do evento, foi trabalhar com ingredientes que podem ser comprados em Londres também, alguns deles facilmente acessíveis em grandes redes de supermercado”,  explica a carioca Gizane Campos, uma das organizadoras do evento.


 


Para assinar o colorido cardápio, uma colaboração bem sucedida entre chefs brasileiros com experiência internacional garantiu que criatividade, sabor e apresentação dos pratos convivessem pacificamente a mesa.


 


“Esta é uma forma de mostrar um Brasil diferente através da culinária. E é uma mistura interessante’, acredita Marcelo de Campos, profissional brasileiro que trabalhou por mais de três anos com o temido chef inglês Gordon Ramsey.  ‘Como chefe criativo do evento e cada vez que crio um prato diferente, eu trago para a mesa a minha bagagem como brasileiro, a minha formação estudando culinária na Dinamarca e, claro, a minha experi ência trabalhando no mercado britânico”, confessa Campos, que assina a entrada com combinações que incluem sopa de Tacacá, Pirarucu e até tapioca em cubos.


 


O público atendendo aos almoços temáticos do restaurante temporário, no bairro de Covent Garden, também está tendo a oportunidade de conhecer o trabalho de outros mestres da culinária brasileira até então restrito a restaurantes de luxo ou jantares privados.


 


Um deles é Hélio Fenerich, paulista que trocou a carreira como professor de matémática pelo desafio das espátulas e batedeiras. É a ele que a apresentadora e escritora Nigela Lawson pede uma mãozinha quando precisa de receitas de doces ou se arriscar a fazer coxinhas, por exemplo. O resultado de mais de duas décadas de trabalho no exterior em breve vai chegar ao Brasil em forma de livro e no ‘Pop Up Diner’ Fenerich assina as sobremesas, com elaboradas iguarias como cheesecake com calda de goiaba e torta de Cupuaçu e chocolate.


 


Com um número maior de ingleses comparecendo ao evento que teve Manaus como inspiração, é inevitável não associar ao fato de que o público talvez esteja com um olho no prato e outro na bola.


 


“Manaus é a primeira cidade brasileira onde a seleção inglesa vai estar jogando nesta Copa, enfrentando a Itália. Pode ser um pouco de curiosidade por ter ouvido falar da Amazônia ou mesmo para já ir tendo um pouco de contato com a culinária local”, arrisca Gizane Campos.


 


Seja qual for o desempenho dos times, em campo, é bem provável que fora dele ingleses e italianos irão concordar com pelo menos uma coisa: quando o assunto é gastronomia,, o Brasil joga pesado – e para ganhar.


 


Serviço:


Brazil Pop Up Dinner, aos domingos


Local: Beford & Strand – 1ª Bedfors Street – Covent Garden - WC2E 9HH


www.brazilpopupdiner.com