11 °C
Notícias

Mônaco – Luxo pra dar e vender

|

Vista do principado_Page12e13

Se existe algum país luxuoso no mundo, esse lugar é Mônaco. Também, pudera. É o segundo menor país do mundo. O título, no entanto, é no quesito nação com maior incidência proporcional de milionários. Aí o principado não perder de ninguém. Fazendo costa com o mar Mediterrâneo, o principado, fundado em 1297 pela Casa de Grimaldi - até hoje sua soberana -, fica a menos de 20 quilômetros a leste da cidade de Nice (França) e 20 quilômetros a oeste da cidade deVentimiglia (Itália).


 


Tem como forma de governo a monarquia constitucional, em que o monarca é Sua Alteza Sereníssima o príncipe-soberanoAlberto II de Mônaco. O local é um dos seis microestados da Europa e um dos 24 do mundo. É governado há mais de sete séculos pela Casa de Grimaldi, sendo uma das 48 monarquias da atualidade.


 


Não são só as residências que impressionam, mas também os automóveis que circulam por suas curvilíneas ruas e os iates atracados em suas marinas.


 


O país tem sua economia baseada no turismo, e é conhecido por seu circuito de Fórmula 1, o Grande Prêmio de Mônaco, o casino de Monte-Carlo e por ser a sede do World Music Awards. Outro atrativo é a fama de "paraíso fiscal", não estando os investidores sujeitos a impostos sobre renda. Por esses vários fatores, Mônaco tem um dos custos de vida mais altos do planeta.


 


A população de Mônaco apresenta uma característica rara: seus habitantes nativos (os monegascos) são minoria em seu próprio país, perfazendo apenas 21,6% do total de habitantes. Os franceses são 28,4% e os italianos, 18,7%.


 


Mônaco também possui o importante Museu Oceanográfico, que já foi dirigido por Jacques Cousteau.  Ostentações à parte, o local é extremamente bonito, com casas e prédios suspensos sobre sinuosas formações rochosas.


 


Independente em caráter definitivo desde 1860 após séculos de idas e vindas sob a tutela francesa, o principado voltado para o Mediterrâneo é oficialmente habitado por 30 mil pessoas, mas possui, além de governo, bandeira, hino e até dialeto próprio, o monegasco.


 


Economia


Além das finanças, a economia monegasca é movimentada em grande parte pelo setor imobiliário: as duzentas empresas de construção civil são a força motriz da economia. O turismo é uma das mais importantes fontes de renda do país. O setor hoteleiro é dinâmico: 2500 quartos que recebem, ao ano, 225 mil visitantes.


 


Também se cultivam frutas cítricas na pequeníssima parte rural do principado, parte, esta, que se localiza perto das fronteiras com a França.


 


O GP de Mônaco


O Grande Prêmio de Mônaco ou é um dos GPs da Fórmula 1 mais conhecidos. É realizado em um circuito de rua com 3340 metros de extensão e que exige dos pilotos muita precisão, devido a uma grande quantidade de curvas e a estreita largura das ruas que formam o percurso. O GP foi disputado pela primeira vez em 1929. Em 1950, teve sua primeira participação na Fórmula 1 e a partir de 1955 passou a ser disputado regularmente pelo campeonato da Fórmula 1. Já teve alguns acidentes fatais, como o de Lorenzo Bandini em 1967. O maior vencedor da história do evento é o brasileiro Ayrton Senna que venceu seis vezes (1987, 1989, 1990, 1991, 1992 e 1993).


 


Como chegar


Boa parte das pessoas que vistam Mônaco chegam pelo aeroporto de Nice, na França. Apenas 21 quilômetros separam as duas localidades. San Remo, Antibes e Cannes também fazem parte da região. Um modo bem prático de chegar a Mônaco é de trem. A viagem dura só 20 minutos. Vans e ônibus de companhias também partem do aeroporto de Nice, e seguem direto para o principado. A viagem dura cerca de 30 minutos.