9 °C
Home

Visto de familiar de britânico deve ser feito do país de residência

|

Mat01_Page06

Por Simone Pereira


 


É natural pensar que pelo fato de estar no país do parceiro (a) é mais fácil confirmar o seu direito de residência, mas nem sempre as coisas são tão simples como parecem. Para o familiar de um britânico conseguir o visto de residência, a dificuldade é maior do que a do familiar de um europeu, por exemplo. Uma pessoa casada com britânico (a) ou com uma pessoa com visto de residência indefinida – como o Indefinite Leave to Remain ou Permanent Residence – que esta no Reino Unido como turista não pode mudar de visto dentro do país.


 


O correto é fazer o pedido do visto no país de residência e então vir para o Reino Unido com o visto adequado.  Identidade, relacionamento, finanças, prova do conhecimento do idioma inglês e acomodação são alguns dos requisitos que precisam ser comprovados ao solicitar o visto de familiar de britânico. No Brasil existem três centrais de solicitação de vistos britânicos, localizadas no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília.


 


“O Reino Unido é famoso por não ser tão favorável ao livre movimento de fronteiras como são os outros países do Espaço Economico Europeu, por isso tem regras mais rígidas para conceder vistos de residência a estrangeiros que vem ao país com o propósito de viver junto de familiares britânicos”, esclarece Ricardo Zagotto, consultor de imigração da Abras – Associação Brasileira no Reino Unido.


 


A estilista Lidia Farias, 30 anos, casou recentemente com um britânico e fez o processo de visto de esposa com a Abras – Associação Brasileira no Reino Unido.  “Me senti mais segura em fazer o processo com um profissional de imigração e fui a Abras por recomendação de uma amiga. Paguei pelo serviço de prioridade no Rio de Janeiro e o meu visto saiu em uma semana com o suporte e orientação do consultor de imigração da associação. Meu marido depois me encontrou no Brasil e tivemos a oportunidade de passar a lua de mel por lá”, conta Lidia.


 


Informações de como funciona o trabalho de representação da Abras para processos de solicitação de visto para o familiar de um britânico podem ser obtidas por um consultor de imigração da associação. Para fazer consulta com o profissional é necessário se tornar um associado, o valor da adesão é de 35 libras por seis meses. A Abras fica na 59 Station Road, Willesden Junction, Londres, NW10 4UX, e abre de segunda a sexta-feira, das 9h as 18h, e aos sábados, das 10h às 17h. Contato por telefone 020 8961 3377 ou email (info@abras.org.uk).