25 °C
Home

Evento nacional marca o dia anti-racismo da ONU

|

Mat01_Page04

Pessoas de todo o Reino Unido irão se encontrar em Londres no dia 22 de março para celebrar o dia internacional anti-racismo da ONU (Organização das Nações Unidas). Os manifestantes vão se encontrar na estátua de Nelson Mandela, na Praça do Parlamento e seguirão caminhando até a Trafalgar Square. Quem receberá os manifestantes na Praça do Parlamento será Jerry Dammers, o escritor da canção icônica ‘Free Nelson Mandela’.


 


O dia anti-racismo internacional da ONU foi inaugurado, em 1960, após o massacre de Sharpeville, que viu 69 manifestantes contra o apartheid mortos e 178 feridos. Este ano, o dia é definido como pano de fundo as eleições europeias que vão acontecer em maio. Isso porque, segundo os manifestantes, na Grã-Bretanha e na Europa uma série de neonazistas, direitistas e partidos extremistas vão disputar cadeiras no novo Parlamento Europeu. Os organizadores da manifestação em Londres pretendem usar o dia para celebrar a diversidade da Grã-Bretanha e boicotar os partidos que constituem uma ameaça para o multiculturalismo bem sucedido da Grã-Bretanha.


 


Diane Abbott, uma das líderes do Partido Verde,  participará da marcha. “A política de imigração na Grã-Bretanha está tentando alimentar o medo e ódio. É hora das pessoas deste país que reconhecem a enorme contribuição dos migrantes ao longo da história serem ouvidas. É por isso que dia anti-racismo da ONU deste ano assume importância cada vez maior. Ele irá proporcionar a oportunidade para todos aqueles que se opõem à política do ódio e da divisão”.


 


Serviço


Quando: sábado, 22 de março


Horário: 11h


Local: Praça do Parlamento (perto de estátua de Nelson Mandela )