14 °C
Londres

Novas medidas para punir donos de cães perigosos

|

cao

Os donos de cães potencialmente perigosos podem ser presos por até 14 anos sob as novas leis britânicas,
caso a vítima de um ataque de um cão morra. Também será considerado crime ataques de cãesguia.
Dezesseis pessoas morreram desde 2005 em ataques de cães perigosos, mas atualmente o tempo máximo de prisão para os proprietários desses animais é de apenas dois anos.
A nova pena tem características semelhantes a outros crimes, como dirigir forma perigosa.
As sanções serão aplicadas aos proprietários que permitirem que seus cães se comportem Perigosamente, ou que deixem os seus animais fora de controle, mesmo em suas próprias casas. No entanto, haverá uma exceção legal para os proprietários dos animais em caso de ataques a intrusos.
A medida acontece após a morte de Jade Lomas Anderson, morto por quatro cães enquanto visitava um
amigo próximo a Wigan, no mês de março. A proprietária dos cães, Beverley Concannon, é uma mulher
desempregada e mãe de cinco filhos, e que não foi responsável pela morte porque os cães não estavam em um
lugar público. Além disso, para os proprietários de cães-guia que matar alguém, aplica-se uma nova pena máxima de três anos. Isso porque os cães-guia devem ser tratados em caso especial porque eles agem com os olhos e ouvidos de pessoas com deficiência e que podem estar em risco. As alterações deverá entrar em vigor na
primavera de 2014.