- °C
Home

A força da comunidade online na pandemia

|

Screenshot/divulgação

SpeakOnline



Por equipe do SPEAK Social*

SPEAK é uma organização de impacto que liga pessoas de diferentes origens, refugiados e locais, a viver na mesma cidade, através de um programa de intercâmbio de línguas e de culturas que combina sessões de línguas/culturas e eventos. Este modelo de intervenção social derruba barreiras, promove a diversidade, igualdade, compreensão intercultural e democratiza a aprendizagem de línguas.

Fundado em 2014, o SPEAK está hoje presente em mais de 27 cidades, de 12 países. O SPEAK funciona num modelo de social franchising, no qual qualquer pessoa com um espírito empreendedor e que partilhe os mesmos valores poderá começar uma comunidade SPEAK na cidade onde vive.

Em 2019, Ingrid, Inês, Mariana e Nataliya, imigrantes em Londres, abraçaram o desafio e fundaram o SPEAK londrino. Os grupos de línguas do SPEAK, antes de decretado a pandemia, funcionavam em um modelo offline - uma sessão semanal, ao longo de três meses, com a duração de 90 minutos, e o valor simbólico de £29. Em março deste ano, com a quarentena e as medidas de restrição implementadas, os grupos mais vulneráveis, entre os quais imigrantes, refugiados, idosos, etc., ficaram mais isolados que nunca, enquanto atravessavam um período de ansiedade e incerteza.

Assim, a comunidade do SPEAK quis continuar a promover inclusão e diversidade, e foi adoptada uma solução online e gratuita, para que as pessoas continuassem a aprender novas línguas e a partilhar a sua cultura de forma segura. Neste formato online, os grupos de línguas são constituídos por dez sessões de 90 minutos e decorrem ao longo de duas semanas, de segunda a sexta-feira.
Neste modelo, os participantes podem optar pelo nível básico ou conversacional e usufruir desta experiência de forma gratuita ou, caso pretendam, poderão contribuir com um valor simbólico. Qualquer pessoa pode inscrever-se como participante para aprender uma língua ou como “buddy” para partilhar a sua própria língua e cultura, registando-se em www.speak.social.

Ao longo dos últimos meses, os testemunhos da comunidade têm revelado o impacto desta solução online. Por exemplo, um dos buddies partilhou: “Ser buddy foi a melhor decisão que fiz durante o confinamento”, enquanto um dos participantes dos grupos de línguas refere: “Com o SPEAK tive oportunidade de me conectar com pessoas de todo o mundo num período em que é totalmente impossível viajar”.

A comunidade do SPEAK continua a crescer e, desde março, já se juntaram mais de 9.000 pessoas de todo o mundo, tendo sido organizados mais de 900 grupos de línguas. Para além disso, esta solução online permitiu também que mais de 400 refugiados provenientes de diferentes regiões do globo, como Sudão do Sul, Uganda, Síria, Iraque etc., aprendessem uma nova língua e partilhassem a sua cultura e tradições.

Além dos grupos de línguas, são ainda organizados pela comunidade diferentes eventos online de intercâmbio cultural, que reúnem participantes de todo o lado do mundo, criando momentos de interação social e valorização da diversidade, de forma segura e divertida.

Qualquer pessoa se pode juntar à comunidade do SPEAK em www.speak.social.


* SPEAK Social em Londres. www.speak.social | @speak.social_london | @speak.social