- °C
Home

£15 por semana para compensar a falta do almoço da escola

|


Img66728.1426x713



Da Redação


Famílias com crianças elegíveis à merenda escolar gratuita na Inglaterra poderão solicitar vales de compras semanais enquanto as escolas estiverem fechadas devido ao surto de coronavírus, confirmam fontes do governo.


Cerca de 1,3 milhões de crianças na Inglaterra têm direito a refeições escolares gratuitas. Para esse grupo, as escolas emitirão vales de compras no valor de £15 por semana por criança.


Professores alertam, no entanto, que, mesmo com os vales, alguns pais terão dificuldade em alimentar seus filhos. O departamento de Educação responde que a taxa excede a normalmente paga às escolas pelas refeições escolares gratuitas.


As escolas em todo o Reino Unido foram obrigadas a fechar no início deste mês a todos os alunos, exceto aos filhos dos trabalhadores chave neste momento, tais como médicos, enfermeiros e motoristas de supermercado, bem como a algumas crianças vulneráveis e àquelas com necessidades educativas especiais mais graves.


As escolas poderão continuar a fornecer refeições para serem recolhidas ou entregues por elas próprias, mas quando tal não for possível, o sistema de vouchers garantirá que as crianças não sejam prejudicadas.


As escolas poderão encomendar online os códigos dos vales a partir do dia 31 de março, e os ministros esperam que os pais possam começar a recebê-los no mesmo dia.


As famílias receberão um vale eletrônico ou um gift card no valor de £15, para gastar nos supermercados, incluindo Sainsbury's, Asda, Tesco, Morrisons, Waitrose e M&S.


Se seu filho for elegível à refeição escolar gratuita, procure a direção da escola e informe-se. "Nenhuma criança deve passar fome como resultado das medidas introduzidas para manter as pessoas em casa", disse o secretário de Educação da Inglaterra Gavin Williamson.