12 °C
Home

Aumentam casos de violência doméstica com a quarentena

|

Pixabay

Child 1439468 1280 (2)




Da Redação


O que antes era uma percepção começa a virar estatística. Há um aumento de incidentes de abuso doméstico relacionados ao surto do novo coronavírus. A confirmação partiu de Manchester, onde o vice-prefeito para policiamento e crime Beverley Hughes relatou que há mais casos de abusos ligados ao confinamento, e disse que as autoridades estão se preparando para incidentes graves.


Para entender como as mulheres podem se proteger e como a comunidade pode ajudar a evitar incidentes, Notícias em Português ouviu duas especialistas que atuam no Latin American Women's Rights Service (LAWRS). A seguir, as repostas de Dolores Modern, da área de política e comunicação sobre direitos laborais, e Elizabeth Jiménez-Yáñez, coordenadora de políticas e comunicações.


Notícias em Português - No Rio de Janeiro, os casos de violência doméstica aumentaram quase 50% desde o início da quarentena. Há números sobre o aumento de casos no Reino Unido?


LAWRS - No Reino Unido, a informação ainda não foi tornada pública, mas evidências de outros países, incluindo a China e a Itália, indicam que a violência doméstica irá de facto aumentar com as novas medidas de quarentena e auto isolamento. No Reino Unido, as mulheres e as organizações especializadas em BME (Black and Minority Ethnic) e migrantes já estão a apelar ao governo para que tome medidas para evitar que isto aconteça e para proteger as vítimas/sobreviventes, independentemente do seu estatuto imigratório.


Como a comunidade pode ajudar a evitar casos de violência doméstica na sua vizinhança?


A comunidade pode ajudar conscientizando e compartilhando informações sobre organizações especializadas que as vítimas podem chamar para ter acesso a ajuda e apoio em sua própria língua. A maioria delas tem compartilhado novas informações de contato em seus meios de comunicação social.


Além disso, se você acha que a vida de alguém está em risco, telefone para a polícia (999).


Que serviços a LAWRS oferece à comunidade neste momento?


Ainda estamos oferecendo nossos serviços, mas com nossos escritórios fechados, mudamos nosso suporte da linha de frente para o serviço remoto (telefone e e-mail). Todos os nossos novos detalhes de contato estão disponíveis no nosso Facebook e website. Aconselhamos as mulheres a verificá-los para obter as nossas informações atualizadas.


Mulheres em risco ou em situação de abuso doméstico podem ligar para os nossos números entre as 10h e as 13h ou enviar um e-mail para referrals@lawrs.org.uk.


Suporte em espanhol: 0771 928 1714 (segunda a quinta-feira das 10h às 13h)


Apoio em português: 0759 597 0580 (segunda a sexta-feira 10h às 13h)


O que fazer se uma mulher sentir que está em risco em casa durante a quarentena?


Se as mulheres estiverem em risco imediato, elas devem chamar a polícia (999). Se for seguro fazer uma chamada telefónica, elas devem contactar os nossos números ou enviar-nos um e-mail. Além disso, a National Domestic Abuse Helpline oferece assistência 24 horas/7 dias por semana em diferentes línguas (0808 2000 247). É importante que as mulheres declarem que precisam de um intérprete para que um seja providenciado.