10 °C
Home

Transporte tem tarifas congeladas pelo quarto ano consecutivo

|


Roman fox qoXgaF27zBc unsplash


Por Ulysses Maldonado

As tarifas de transporte para Londres permanecerão as mesmas por mais um ano, confirmou o prefeito de Londres. Sadiq Khan disse que o preço estará congelado em todas as tarifas de ônibus, bondes e viagens de metrô e DLR até o final de 2020.

Isso marca a fase final de seu compromisso com o congelamento da taxa por quatro anos, firmando quando ele foi nomeado prefeito, em maio de 2016.

O congelamento não inclui preços máximos diários e semanais, nem cartões de viagem semanais, mensais e anuais.

Os aumentos nessas taxas são acordados com os operadores de trem de acordo com os regulamentos governamentais, o que significa que eles aumentarão na medida da inflação do RPI em julho, de 2,8%.

Sadiq disse: "Estou congelando as taxas de TfL novamente em janeiro próximo, pelo quarto ano consecutivo. Juntamente com a tarifa Hopper de 1,50 libras, que permite que as pessoas façam alterações ilimitadas nas viagens de ônibus e bonde gratuitamente em uma hora, estamos tornando o transporte mais acessível para milhões de londrinos.

"Isso mostra o que uma administração trabalhista pode fazer. Em contraste, quando ele era prefeito, Boris Johnson aumentou as taxas de TfL em surpreendentes 42%.

"Desde 2016, o governo conservador permitiu que as tarifas ferroviárias nacionais aumentassem mais de 10%, apesar de toda a superlotação e atrasos".

"Se eu posso congelar as tarifas e prestar um serviço melhor nos serviços de TfL, é uma pena que esse governo conservador continue permitindo às empresas ferroviárias privadas que não conseguem obter o que desejam, aumentando suas tarifas".

Shashi Verma, diretor de estratégia da TfL, disse: "Estamos empenhados em tornar as viagens de transporte público em Londres o mais econômicas e convenientes possível.

"Milhões de pessoas viajam usando serviços de ônibus, metrô e trem por toda Londres, e através do nosso sistema de tarifas por uso, estamos ajudando a incentivar mais pessoas a sair do carro e do transporte público".


Londrinos pagarão mais por transporte em 2020, apesar de congelamento

Por Ulysses Maldonado

Os passageiros pagarão mais £ 70 milhões em tarifas no próximo ano, apesar dos esforços do prefeito de Londres Sadiq Khan para congelar os preços, foi revelado.

Sadiq Khan anunciou que as tarifas únicas de "pagamento por uso" de Oyster e dos cartões bancários contactless estarão congeladas pelo quarto ano consecutivo. Mas os Travelcards diário, semanal, mensal e anual aumentarão em média 2,8% a partir de 2 de janeiro.

A Transport for London (TfL) estima que £ 51 milhões adicionais acabem em seus cofres como resultado do aumento da inflação nos preços dos cartões Travelcard e do aumento vinculado no limite de taxa para pessoas que fazem várias viagens pagas por uso.

A TfL receberá outros £ 19 milhões de passageiros incentivados a viajar como resultado do congelamento parcial das tarifas do prefeito.

A TfL diz que 2,4 milhões de viagens de ônibus por dia e 1,7 milhão de viagens diárias pagas pelos serviços ferroviários suburbanos da TfL custarão não mais do que quatro anos atrás.

A instituição prevê que a receita total de tarifas aumentará em £ 51 milhões, ou 1,1%, até 2020: £ 33,4 milhões para o metrô de Londres, £ 9,2 milhões para viagens de ônibus e £ 8,4 milhões para London Rail e TfL Rail.

Prevê-se que as taxas congeladas de pagamento por uso gerem novas viagens no valor de £ 19,4 milhões: £ 10,4 milhões no metrô, £ 6,5 milhões em ônibus e £ 2,5 milhões para a London Rail e a TfL Rail.

O limite diário de várias viagens de pagamento por uso aumenta em 20 centavos para £ 7,20 nas zonas 1-2 e em 40 centavos para £ 13,20 nas zonas 1-6.

A TfL já desfruta de um "dividendo da taxa Brexit" de £ 63 milhões nos primeiros seis meses deste exercício, como resultado do atraso no Reino Unido de deixar a UE.

Sadiq disse que sua promessa, manifesta em 2016, de congelar as taxas de TfL por quatro anos tornou o transporte mais acessível para "milhões de londrinos". Ele criticou as empresas de trem por aumentarem as tarifas em mais de 10% desde 2016.

O candidato conservador a prefeito, Shaun Bailey, disse: “Khan ainda não é honesto com os londrinos. O chamado congelamento de tarifas é uma fraude, que custa a 4,5 milhões de passageiros 2,8% a mais para viajar desde janeiro”.


As tarifas ferroviárias devem ser confirmadas proximamente. As viagens anuais a partir do cinturão de passageiros da Home Counties aumentarão em mais de £ 100 para muitos viajantes.