7 °C
Londres

Brigada de Incêndio pede revisão da norma “stay put”, após Grenfell

|

DfVvkuyW0AAiDyz 440x234 1528891568



Por Ulysses Maldonado


O chefe da Brigada de Incêndio de Londres pediu ao governo que fizesse uma revisão urgente da norma “stay put” durante emergências em arranha-céus.


Desde o incêndio na Torre Grenfell, que fez 72 vítimas fatais em 2017, a Brigada de Incêndio de Londres pediu aos ministros que intensificassem e implementassem mudanças nos regulamentos para evitar desastres futuros.


As propostas apresentadas pela comissária de incêndio de Londres, Dany Cotton, incluem: mudanças nos padrões de construção; proibição completa de revestimentos de fácil combustão, instalação de aspersores em mais edifícios, incluindo blocos de piso especialmente projetados.


Quando perguntada se sua sugestão é que a segurança das pessoas que moram em prédios altos possa estar em dúvida, ela disse: "Essa seria minha preocupação se eu fosse eles. Acho que todos devemos pedir ao governo que tome essas medidas e imponha a eliminação desse revestimento perigoso".




Lições que ficam após a tragédia de Grenfell


O presidente da pesquisa de Grenfell, Martin Moore-Bick, identificou 46 mudanças que devem ser feitas para garantir a segurança das pessoas em arranha-céus.


Recomendações incluídas:


EVACUAÇÃO


Novas diretrizes nacionais dirigidas pelo governo para realizar evacuações parciais ou totais de prédios residenciais. Os serviços de incêndio e resgate devem desenvolver políticas e treinamento para a evacuação parcial e total de tais propriedades.


Todos os prédios residenciais atuais e futuros devem estar equipados com sirenes de alarme de incêndio ou dispositivos semelhantes que permitam aos serviços de incêndio enviar um sinal de evacuação rápida.


CHAMADAS DE EMERGÊNCIA


Novas políticas da brigada de incêndio para gerenciar a mudança de "parada" e "saída", além de treinar o pessoal das salas de controle para oferecer conselhos aos chamadores.


PORTAS DE INCÊNDIO


O proprietário e o administrador de cada edifício residencial que contém habitações separadas devem realizar uma inspeção urgente de todas as portas corta-fogo com controles a cada três meses nos dispositivos de fechamento automático.


NÚMEROS PLANOS


Marcações claras em cada patamar dentro da escada e também de forma proeminente nos corredores, para que os números sejam visíveis em condições normais, com pouca luz e com fumaça.


PLANOS E INSPEÇÕES


O proprietário e o administrador de cada prédio residencial devem fornecer ao serviço de bombeiros local informações sobre o design e os materiais de suas paredes externas e quaisquer alterações, com inspeções periódicas.


COMUNICAÇÕES


Treinamento para todos os oficiais que devem atuar como comandantes de incidentes e operadores seniores da sala de controle.


COMANDO E CONTROLE


Políticas e treinamento da Brigada de Incêndio de Londres para garantir melhor controle e uso dos recursos, incluindo informações fornecidas pelas equipes que retornam de seus empregos.


EQUIPE


Melhor equipamento que permita que bombeiros com capacetes e aparelhos de respiração se comuniquem efetivamente com o centro operacional.


SERVIÇOS DE EMERGÊNCIA


Cada serviço de emergência deve comunicar a declaração de um incidente grave o mais rápido possível, com linhas de comunicação claras e uma melhor coleta de informações sobre os sobreviventes.