11 °C
Home

Londrinos destroem 200 bicicletas públicas por ano

|


Barclays Cycle Hire Scheme bikes on hire station © Simon MacMichael


Por Ulysses Maldonado

As bicicletas "Boris", como ficaram conhecidas, devem ser tratadas com mais cuidado depois que 10.782 pedais quebrados foram necessários ser substituídos, no ano passado. Dados oficiais mostram que 200 bicicletas públicas são destruídas por ano, em Londres.

O chefe do aluguel de bicicletas da TfL, David Eddington, pediu que as pessoas fossem mais respeitosas e pensassem no próximo, dizendo que viu as bicicletas jogadas na calçada ou colidindo com as docas.

As peças mais substituídas, reveladas em uma pesquisa da TfL Freedom of Information, incluíram 6.684 rodas e 5.916 câmaras-de-ar.

Existem 11.500 bicicletas e 800 estações de estacionamento em toda a capital. Waterloo foi a estação mais popular no ano passado, com 184.597 usuários.

Cerca de 200 bicicletas por ano são "desmontadas" após serem danificadas sem reparo ou envolvidas em acidentes.

O Sr. Eddington disse que as peças utilizáveis são colhidas e que alguns dos quadros originais da era Barclays ainda estão nas estradas desde o lançamento, em 2010. Ele disse: "Vejo pessoas acertando o meio-fio com bastante regularidade e, quando atracar, você realmente precisa fazê-lo com essa força? Isso causará problemas com o motor. Você também ver pessoas que simplesmente jogam no chão. Queremos que as pessoas tratem esses equipamentos públicos como se fossem sua própria bicicleta".

A TfL não divulgou quanto custou ao fornecedor de manutenção Serco consertar as bicicletas como parte de sua taxa anual de serviço, alegando que esse era um dado "comercialmente sensível".


Foram notificadas 870 como perdidas no ano passado, em comparação com 565 no ano anterior, no entanto, a TfL afirma que três quartos delas foram recuperadas.