11 °C
Home

Cruz Vermelha fará distribuição de doações em Moçambique

|


C3290f72 276c 4f9f b31c 5457b0e2ad5b


Da esq. para a dir., Louise Jacob, Maria Luisa Moreno, o presidente da Cruz Vermelha Avelino Isaias Mondlhane, Tina Magaia e Ana Cikir: acordo facilitará entrega de donativos


Da Redação


Arrecadar mais de uma tonelada de donativos no Reino Unido para a comunidade carente de Moçambique foi um grande desafio. Mais complicado, no entanto, foi fazer chegar até aquele país e depois distribuir todo o material nos acampamentos. Esse problema, pelo menos, será minimizado nas próximas vezes graças a um acordo que os voluntários da The Smile of Hope, organização que reúne a comunidade moçambicana em UK, fecharam com a Cruz Vermelha.


“Daqui para frente, tudo que arrecadarmos aqui será entregue à Cruz Vermelha, que ficará responsável pela distribuição”, conta Maria Luisa Moreno, uma das líderes do grupo de voluntários. “Queremos também firmar acordo com a Cruz Vermelha daqui do Reino Unido, para que não precisemos pagar nada para enviar o material a Maputo.”


O acordo foi firmado com o presidente da Cruz Vermelha, Avelino Isaias Mondlhane.


A Cruz Vermelha de Moçambique (CVM) é uma sociedade de socorros, humanitária, não governamental, de carácter voluntário, de utilidade pública, auxiliar das autoridades públicas, que desenvolve as suas actividades devidamente apoiada pelo estado. A organização baseia-se no princípio de livre associação e filiação dos seus membros, e exerce as suas actividades em todo o território nacional, em conformidade com as disposições da Primeira Convenção de Genebra.
A CVM, juntamente com as mais de 190 outras Sociedades Nacionais do Movimento da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho‎, constitui a maior organização humanitária do mundo. Nós nos esforçamos no sentido de prevenir e aliviar o sofrimento humano sem discriminação de nacionalidade, raça, género, língua, crença religiosa, condição social, opinião política ou quaisquer outras situações similares.