19 °C
Londres

Dominicano assassinado em Elephant and Castle ao proteger amigo

|

Reprodução/Facebook

DOMINICANO ASESINADO ELEPHANT




Por Arelys Gonçalves


No domingo (01/09), o dominicano Norman Joseph Bertrán Tavarez foi atacado com uma faca depois que uma briga começou à noite, na estação Elephant and Castle. Como testemunhas relataram, o jovem de 24 anos tentou proteger seu amigo e ficou ferido. Apesar dos esforços dos serviços de emergência, ele morreu horas depois no hospital.


Aproximadamente às 23h30 do domingo, a vítima foi localizada pela polícia e paramédicos perto da estação de metrô. Ele teve ferimentos causados por uma faca. No local havia outro jovem de 25 anos que também foi ferido e permanece em estado grave no hospital.


A versão policial indica que as vítimas estavam tentando escapar de seus agressores quando foram brutalmente atacadas. Segundo informações da mídia local, Bertrán Tavarez cresceu na República Dominicana e estaba há pouco tempo em Londres. Ele se mudou no ano passado para procurar trabalho.


Bertrán Tavarez estava com o pai em Londres, enquanto a mãe e as irmãs moram nos Estados Unidos, como descrito por um amigo de infância de Santiago de los Caballeros. Paola Ynoa escreveu em sua página do Facebook uma mensagem para homenagear a memória de seu amigo: "Que Deus tenha você em um bom lugar. No céu, existe um novo anjo, é um amigo que foi embora".


A polícia deteve temporariamente dois menos de 20 anos por desordem pública. Os suspeitos foram libertados após o interrogatório. As investigações seguem com a revisão das imagens das câmeras de segurança. Enquanto isso, a policía britânica solicitou que quem tiver alguma informação sobre esse caso ligue para 0800 40 50 40 citando a referência 597 de 01/09/19. Se preferirem o anonimato, as testemunhas podem fornecer dados através dos Crimestoppers em 0800 555 111.


O próprio prefeito de Londres, Sadiq Khan, chamou a morte de "uma perda sem sentido de um jovem" e pediu que testemunhas entrassem em contato com a polícia para encontrar os responsáveis pelo crime.


No día 2 de setembro, uma vigília foi realizada nas portas da loja Los Colorados, onde o jovem foi encontrado pelas forças de segurança.

Mais de 100 pessoas foram mortas com uma arma branca em Londres só em 2019.