19 °C
Comunidade

Doações enviadas do Reino Unido estão retidas no porto de Moçambique

|

ContainerMOZ



Da Redação


Enfim, o contentor com mais de uma tonelada de doações arrecadas pela comunidade moçambicana no Reino Unido chegou à Beira na segunda-feira (12/08). A luta agora e conseguir liberar o material para imediata distribuição, já que faltam recursos financeiros para pagar as taxas portuárias.


“Conseguimos a liberação da taxa de calamidade de Moçambique, mas ainda precisamos negociar com quatro empresas para que relevem a cobrança”, explica Maria Luisa Moreno, do grupo The Smile of Hope, que desde julho está em Moçambique para acompanhar a distribuição das doações.


São mais de 1000 caixas com material de construção, camas, colchões, cadeiras de roda, carrinhos de bebê, medicamentos, entre outros itens de extrema necessidade.


O pior é que se o material continuar embarcado, ocupando espaço no navio, pode ser cobrada uma diária de 60 dólares ao dia.


Maria Luisa e outros três voluntários terão a assistência do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) para distribuição do material.


Na zona centro de Moçambique foram atingidas 3.504 escolas, afetando 335.132 alunos em vários subsistemas de ensino, e uma área de 715.378 hectares de diversas culturas alimentares. Nos distritos de Dondo, Búzi, Nhamatanda e Muanza, na província de Sofala, ainda há muita gente a precisar de ajuda.


Para doar diretamente ao The Smile of Hope, os dados bancários são: HSBC UK Bank, Sort Code 40-12-25, Account Number 92268043. Ou entre em contato com o grupo no website www.thesmileofhope.org.