9 °C
Londres

Prefeito vai repensar projeto do túnel de £1 bilhão em Silvertown

|


Silvertown tunnel alignment large


Por Ulysses Maldonado

Ativistas exigiram que o prefeito de Londres reconsidere planos para construir um controverso túnel rodoviário de £ 1 bilhão entre Silvertown e Greenwich.

O prefeito de Newham, Rokhsana Fiaz, também escreveu a Sadiq Khan alertando-o sobre o "impacto negativo" que o cruzamento de 1,4 km de Silvertown teria sobre o tráfego e a qualidade do ar.

Por outro lado, os membros do Stop the Silvertown Tunnel Coalition (SSTC) querem que Khan considere um nível de taxa de pedágio para o túnel Blackwall que acabaria com o congestionamento.

A coordenadora da SSTC Victoria Ranche disse: "Pedimos a Sadiq Khan que pare o projeto imediatamente e peça a TfL para fazer uma análise completa desta opção alternativa que poderia permitir aos londrinos quase todos os benefícios do túnel de Silvertown sem pagar um bilhão de libras".

Ativistas dizem que a construção do túnel irá emitir 153.000 toneladas de CO2 e bloquear meios existentes de transporte intensivo em carbono, o que explica o pedido para que o plano fosse descartado.

Andrew Boswell, consultor de emergência climática, disse: "Sadiq Khan declarou uma emergência climática: agora ele deve agir de acordo e repensar completamente o transporte de Londres".

Um porta-voz de Khan disse: "Como os ativistas, o prefeito colocou a luta contra a emergência climática no centro de seu trabalho. É por isso que quando ele se tornou prefeito, trabalhou com a TfL para fazer mudanças significativas no plano do túnel de Silvertown para proteger o meio ambiente".

Ele acrescentou que os planos se concentram em um transporte mais limpo, já que os ônibus que usam o túnel devem ter emissões zero e o cruzamento está localizado dentro da zona de ultra baixa emissão prolongada (ULEZ).

"As taxas cobradas pelos usuários nas duas interseções garantem que o esquema não gere tráfego adicional ou leve a uma mudança geral nas emissões de CO2 e oferecerá uma melhora geral na qualidade do ar. Também haverá monitoramento do ruído durante e após a construção", ele.


Um porta-voz da TfL disse: "Estamos comprometidos com o projeto tendo um impacto mínimo sobre os moradores."